Diretor: Sebastião Lima
Diretor Adjunto: Luís Moniz
Últimas Notícias

A presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Vânia Ferreira, garante que a Autarquia vai apoiar o reforço dos meios operacionais da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória (AHBVPV), contribuindo, dessa forma, para o aumento dos quadros de bombeiros.

A autarca participou na cerimónia comemorativa do 37º aniversário da corporação, que decorreu no domingo, 17, e sublinhou ser fundamental aumentar a resposta dos bombeiros praienses dada a sua importância social e comunitária.

“Considerando o projeto do anterior executivo de suporte de vida imediato, futuramente sediado no quartel dos bombeiros voluntários, assumimos a importância de um serviço disponível em prol dos praienses, tendo como objetivo uma resposta célere no contexto de emergência pré-hospitalar. Deste modo, torna-se essencial o investimento no novo quadro de bombeiros, contribuindo para o reforço dos meios operacionais desta entidade”, referiu.

 “Pretendemos continuar a apoiar e a desenvolver um percurso de parceria com esta associação, de modo a garantir uma eficaz prestação de cuidados de saúde em pré-hospitalar como em todas as intervenções de combate a incidentes de risco e salvamento”, sublinhou.

Na ocasião, Vânia Ferreira destacou “o empenho, esforço e dignação dos bombeiros voluntários na proteção da população, pautada por uma postura de excelência no combate aos desafios que esta entidade enfrenta diariamente”.

 “O percurso da AHBVPV muito nos honra enquanto praienses. São inúmeras, e já comprovadas, as conquistas nacionais, regionais e internacionais que enaltecem esta corporação, levando além-fronteiras o nome deste concelho”, salientou a autarca.

“Não poderia deixar de referir a vossa capacidade de resiliência nas ações causadas pela pandemia da COVID-19, uma situação que põe, sem dúvida, à prova, as vossas capacidades no apoio ao próximo e que nos afetou a todos de uma forma profunda e inexplicável. O meu agradecimento pelo vosso inigualável trabalho prestado junto da comunidade, algo que não seria possível sem a força motriz principal, as vossas famílias”, adiantou a presidente da Câmara Municipal. 

Na comemoração do 37º aniversário, a AHBVPV homenageou os bombeiros Hugo Santos, João Costa, José Melo, Leonel Raimundo, Bruno Espínola, Francisco Godinho, José Barcelos, Paulo Borba, Hélder Lima, Ruben Linhares, Rogério Martins, Vítor Drumond, Carlos Pacheco, Maria Rita Costa, Sérgio Drumond, Jorge Sousa, Sérgio Santos, Pedro Barcelos, Fernando Martins, Miguel Valente, Luís Pinto, José Gomes, Pedro Mendonça, Vítor Lima, Andreia Gil, Emanuel Ávila, Eduardo Arruda, Catarina Rocha, Ilídio Martins, Filipe Ponte, César Gaspar e Márcio Soares.

Foram também homenageados Pedro Teófilo (pela coordenação dos nadadores salvadores nas zonas balneares do Concelho) e Sónia Paim (pela manutenção das instalações).

Foram atribuídas as medalhas de assiduidade a Mara Lisa Arruda e Ângelo Carvalho, por 10 anos de serviço; Sérgio Santos, Fernando Martins, Pedro Barcelos, Maria da Conceição Rocha e Leonel Raimundo, por 15 anos de serviço; a Hélder Lima, por 25 anos de serviço; e, por 30 anos de serviço, a Alexandre Cunha, José Barcelos e Rui Correia.

A medalha de serviços distintos da Liga Portuguesa de Bombeiros Portugueses foi atribuída a Sandra Sousa, em representação de Roberto Sousa, a Bárbara Augusto e Ânia Almeida.

Ilídio Martins recebeu o troféu de bombeiro do ano.

A “proximidade com a população e com o poder local”, a exigência de uma “gestão rigorosa e transparente” e a projeção da Cidade e do Concelho, “proporcionando melhores condições de futuro às novas gerações”, são as prioridades assumidas pela nova Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Vânia Figueiredo Ferreira.

Discursando na sessão de tomada de posse dos novos órgãos autárquicos da Praia da Vitória (Câmara e Assembleia municipais), eleitos na sequência do ato eleitoral do passado dia 26 de setembro, a edil assumiu compromissos ao nível da transparência, desburocratização, reorganização dos serviços camarários e internalização da Cooperativa Praia Cultural, equilíbrio financeiro da Autarquia, criação de um gabinete de apoio aos autarcas de freguesia e revisão dos acordos de delegação de competências.

“A proximidade do Município com a população tem de fazer-se sentir através da comunicação e da desburocratização dos serviços. Para dar resposta a essa necessidade, pretendemos implementar novas ferramentas de trabalho, como a criação da aplicação digital ‘E-praia’. O rigor e a transparência da gestão municipal assumir-se-ão pela auditoria externa às contas da Autarquia, de forma a afirmar o presente, mas, sobretudo, projetar um futuro que não esteja hipotecado para as próximas gerações de Praienses. A visão holística, que idealizamos para a Praia da Vitória, deve ser projetada para as novas gerações, apostando-se na criação de condições para que possam crescer, estudar, trabalhar e empreender, habitar e viver na nossa Cidade”, afirmou.

A manutenção da rede de creches e ATL’s em todas as Freguesias e Vila, a projeção de apoios de combate à exclusão social e prevenção de comportamentos de risco, a maior valorização do Gabinete de Ação Social Municipal e a continuidade dos processos de regularização das situações habitacionais de génese ilegal de Santa Rita e Pedreiras, foram outros compromissos assumidos.

Vânia Ferreira enfatiza a aposta na dinamização da baía da Cidade, assumindo que “essa será a nossa porta de entrada”, potenciando-se assim “maior atratividade à marina e maior dinamismo à prática de desportos náuticos”, reforçando os compromissos assumidos no âmbito da sua candidatura à liderança do Município, nomeadamente de “construção de um Centro de Estágio Desportivo e do Cais de Cruzeiros há muito aguardado”.

A Presidente da Câmara Municipal sublinhou a intenção de requalificar a zona verde e expandir o Paul da Praia, “criando um Parque Intergeracional dinâmico e atrativo”. E assumiu “a sensibilização e a sustentabilidade ambientais” e a “limpeza cuidada das nossas ribeiras e zonas urbanas” como prioridade.

Atrair investimento

e potenciar história e cultura

Perante uma plateia onde marcaram presença vários membros e representantes do Governo Regional dos Açores, deputados na Assembleia Legislativa dos Açores, eleitos locais e representantes de instituições civis, militares e religiosas, Vânia Ferreira afirmou querer atrair mais investimento externo e potenciar em mais-valias socioeconómicas a história e cultura praienses.

“A atração de investimento deve ser valorizada também em articulação com a diáspora e comunidade emigrante, de modo a consolidar uma cooperação entre todos, com a capacidade de promover oportunidades de investimento para a Praia da Vitória. No turismo e na cultura, o Município tem de valorizar todos os seus agentes culturais e os que o promovem, de forma a recuperar a atratividade do turismo ao Concelho, com a criação do Museu da Cidade, onde seja possível conhecer a sua essência histórica, cultural e estratégica”, frisou.

Mas o crescimento económico e o desenvolvimento social da Praia da Vitória, na ótica da nova edil, “não pode acomodar-se apenas com o investimento externo”, pelo que é preconizada “uma revitalização interna para a Cidade, a revisão do Plano Diretor Municipal (PDM), a abertura de novos arruamentos e a revisão dos espaços de estacionamento”, para além da continuação de investimentos já em curso, como é o caso dos novos bares de apoio à Praia da Riviera e da Prainha ou o prolongamento da Avenida Marginal em percurso pedonal e de ciclovia até à Freguesia do Cabo da Praia.

A aposta na segurança municipal foi também realçada pela autarca, que diz ser necessário “reforçar a parceria com a prestigiada Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória, assim como, garantir a continuidade do Serviço Municipal de Proteção Civil, aproximando o seu gabinete à população, no que diz respeito à formação e sensibilização para as situações de risco no Concelho”.

Convicção de boa colaboração

com o Governo Regional

Convicta da colaboração do Governo Regional dos Açores com o novo elenco camarário praiense, Vânia Ferreira disse que, “em defesa da Praia da Vitória, o executivo regional, certamente, estará disposto a elevar o nome deste Concelho, tanto quanto este executivo camarário”, apontando o incremento e contínuo desenvolvimento do projeto Terceira Tech Island como “estruturante”. 

“Com o passar dos anos, este projeto tornou-se estruturante e com uma abrangência que não se cinge apenas ao que estava inicialmente consumado. Trata-se de um projeto com provas dadas, não só pelo seu caráter inovador, mas também pela dinâmica empresarial com grande relevo e impacto na economia do nosso Concelho, da Ilha Terceira e da Região. Uma das bases da nossa candidatura assenta no desenvolvimento empresarial e tecnológico da Praia da Vitória. Está no centro das nossas prioridades, não só a captação de investimento para o Concelho, bem como ser um agente de proximidade e conhecedor do tecido empresarial local. Pretendemos 

reivindicar junto do Governo Regional, a intenção de continuar a potencializar o projeto Terceira Tech Island, no sentido de garantir a captação e instalação de novas empresas ao Concelho”, enfatizou.

Cientes das dificuldades

e certos da sua superação

A Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória reconheceu “que este é um compromisso de uma equipa ciente das dificuldades”, mas mostrou certezas “da sua superação e do envolvimento de todos por esta causa”, anunciando os pelouros que serão atribuídos pelo executivo municipal.

Assim, revelou, “a Presidência da Câmara terá a seu cargo e responsabilidade os pelouros das Relações Externas, Economia e Finanças e Investimento e Dinamização Empresarial; o Vice-presidente, Ricky Baptista, terá a seu cargo os pelouros da Proteção Civil, Ambiente e Serviços Urbanos, Juventude e Desporto, Informação e Comunicação; a Vereadora Paula Borges de Sousa terá responsabilidade nas áreas da Educação e Cultura, Turismo, Cooperação e Poder Local; e a Vereadora Otília Martins terá a seu cargo os pelouros do Plano Urbanístico e Regeneração Urbana, Obras, Urbanismo e Património Municipal, Ação Social e Habitação, Desenvolvimento e Coesão Rural”.

Vânia Ferreira fez questão de deixar um “agradecimento a todos aqueles que lutaram pelos destinos do Concelho nos últimos quatros anos”, dirigindo-se, especificamente a Paulo Messias, Presidente da Assembleia Municipal cessante, a Tibério Dinis, Presidente da Câmara Municipal cessante, e todos os Deputados Municipais e Vereadores que “enalteceram o nome do Concelho, em prol dos Praienses, independentemente da sua ideologia partidária”.

A finalizar, assumindo-se pronto para corresponder “ao voto de confiança dos praienses” que “quiseram uma mudança de paradigma político para a Praia da Vitória”, a nova edil salientou que “a nossa consciência será sempre a consciência de um povo que grita criticamente pela lealdade e por novas oportunidades”, comprometendo-se a liderar o Município “com ousadia, credibilidade e a proatividade que me trouxe até aqui, para que juntos possamos construir o futuro do nosso Concelho”.

A United Airlines anunciou como a "maior expansão transatlântica da sua história”, e nesta expansão a operadora aérea ligará Nova Iorque aos Açores, a partir de 14 de maio.A United Airlines anunciou como a "maior expansão transatlântica da sua história”, e nesta expansão a operadora aérea ligará Nova Iorque aos Açores, a partir de 14 de maio.

A operadora aérea norte americana dará início aos voos diretos de Nova Iorque para Ponta Delgada, estando já planeado voos diários a partir do Aeroporto Internacional Newark Liberty (Nova Iorque) para Ponta Delgada (São Miguel), a partir da data acima referida. A United Airlines será a única operadora aérea americana a voar entre os dois locais e irá operar com um novo avião Boeing 737 MAX 8, com interior exclusivo da United, com entretenimento melhorado nos encostos dos assentos, com ligação Bluetooth e espaço nos compartimentos superiores para todos os clientes.

Para Luis Capdeville Botelho, Diretor Executivo da Associação Turismo dos Açores | ATA “é com enorme satisfação que fomos formalmente informados, pela United desta movimentação. Estamos com o sentimento de dever cumprido pois ultimamente temos estado muito próximos da direção da United, bem como a ANA Aeroportos, partilhando argumentos, dados e evidências que sustentassem e motivassem a este desfecho. Esta é, no entanto, uma “parceria” que não acaba aqui, muito pelo contrário: iniciam-se agora os trabalhos de comunicação e promoção ainda mais assertivos neste mercado, alinhando as estratégias entre a ATA e a United Airlines”.

O mercado dos Estados Unidos da América, está no 2º lugar no ranking dos mercados internacionais emissores de turistas para a Região Autónoma dos Açores, com um número de dormidas de 85.658, em 2019. A ATA estima que esta operação da United Airlines, com potencial para transportar 18.758 passageiros, gere um volume de receitas de cerca de 7.370.000€ para a Região.

“É com grande expetativa que vemos reforçada as acessibilidades para a região neste mercado que é tão importante para nós e que será fundamental na consolidação da retoma turística em 2022”, reforça o Diretor Executivo da Associação Turismo dos Açores | ATA.

Acerca do Jornal da Praia

Este jornal é um quinzenário de informação geral que tem por objetivo a divulgação de factos, opiniões, debates, ideias, pessoas, tendências, sensibilidades, em todos os domínios que possam ser importantes para a construção de uma sociedade mais justa, livre, culta, inconformada e criativa na Região Autónoma dos Açores.

Este jornal empenha-se fortemente na unidade efetiva entre todas as ilhas dos Açores, independentemente da sua dimensão e número de residentes, podendo mesmo dar atenção primordial às ilhas de menores recursos, desde que tal postura não prejudique a implantação global do quinzenário no arquipélago dos Açores.

Área do assinante