Jornal da Praia

PUB

Editorial - União Europeia

Quarta, 21 de Maio de 2014 em Editorial 891 visualizações Partilhar

Editorial - União Europeia

Este fim-de-semana, nomeadamente no dia 25 de Maio é um grande dia para a União Europeia, ou seja o dia das eleições para o Parlamento Europeu e os Açorianos não se podem aliar deste acontecimento.

Em nosso modesto entender a União Europeia corre perigo se não mudar de postura e inverter o rumo, neste tempo de crise, e de crises em que o povo padece devido a políticas ineficazes e destrutivas.

Todos nós somos chamados a votar nas eleições para o Parlamento Europeu, é um direito, é um dever votar, e a razão desta razão é de que os Açores dependem inteiramente da estrutura económica e institucional da Comunidade Europeia, e as decisões desta terão sempre consequências no nosso dia-a-dia.

O Parlamento Europeu é a única instituição eleita por sufrágio directo e universal, o nosso país elege 21 deputados, e os mandatos são pelo período de 5 anos.

Com o Tratado de Lisboa, o Parlamento Europeu aumentou os seus poderes de forma significativa, nomeadamente foi consolidado o seu papel fundamental na eleição do Presidente da Comissão Europeia e em matéria orçamental pretende-se a coesão, a cooperação e a entreajuda da Comissão Europeia, em prol dos estados membros, particularmente dos mais frágeis.

Sabemos que a nossa taxa de abstenção nas Eleições Europeias anda à volta de 78,3%, o que é preocupante e vergonhoso para o país, para o povo que deve de forma responsável contribuir e empenhar-se no futuro melhor da comunidade a que pertence.

O que devemos fazer, e o que podemos fazer para se ultrapassar este triste quadro?

Os cidadãos devem ter mais informação e formação sobre a Comunidade Europeia, dos seus valores, das reformas monetárias, políticas e sociais, ajustadas na defesa de uma Europa melhor, mais íntegra e solidária entre o Norte e o Sul, mais apta a zelar pela reputação da organização junto dos Europeus.

Por isso apelamos a todos que votem no dia 25 de Maio, porque votar é a melhor forma de participar politicamente na defesa da Comunidade Europeia para que não deixe de produzir bons e novos frutos.

 

diretor, Sebastião Lima