Jornal da Praia

PUB

EDITORIAL - Mário Esteves Coluna

Quinta, 13 de Março de 2014 em Editorial 833 visualizações Partilhar

EDITORIAL - Mário Esteves Coluna

Mário Esteves Coluna é na realidade um exemplo de um verdadeiro líder desportivo, a sua morte depois da de Eusébio da Silva Ferreira, é mais um momento doloroso, para o Benfica, para Portugal e para Moçambique.

Mário Esteves Coluna nasceu a 6 de Junho de 1935, em Moçambique, e faleceu aos 78 anos de idade no dia 25 de Fevereiro de 2014, no Instituto do Coração na cidade de Maputo.

Coluna começou a jogar futebol no Desportivo de Lourenço Marques, Delegação do Sport Lisboa e Benfica em Moçambique, no ano de 1952, chegando ao Benfica na época de 1954/1955.

Conhecido pelo “Monstro Sagrado”, foi e é o eterno Capitão da Equipa do Benfica e da Selecção Nacional de Futebol, foi um grande homem, um grande futebolista, um exemplo de liderança, dedicação e humildade, porque “a humildade é o merecimento da glória, a glória é o prémio da humildade”.

Ideal a seguir por todos, nomeadamente os jovens, que os colocou no centro das coisas, e ele que gostava tanto que os jovens se lembrassem dele. Coluna foi um legado que irá perdurar muito para além dele, prestigiando Portugal e Moçambique no Mundo, onde ganhou admiração de todos aqueles que tiveram o privilégio de o ver jogar “mas ganhou igualmente o respeito e o reconhecimento de todos quantos, não tendo a oportunidade de ver o seu futebol, saberem relatos e testemunhos que ele foi dos maiores talentos da sua geração”.

Coluna para além do Benfica, jogou no final da sua carreira desportiva no Lyon de França em 1971/1972, regressou a Portugal para jogar no Estrela de Portalegre na época seguinte onde terminou a sua carreira futebolística.

Mário Coluna, foi Selecionador da Seleção de Futebol de Moçambique, foi Deputado e Ministro do seu país, e de forma gentil eloquente lutou pela sua pátria e pelas gerações vindouras para encontrarem uma justa compreensão e assegurarem a paz e o bem-estar dos Moçambicanos.

 

Diretor, Sebastião Lima