Jornal da Praia

PUB

Por Dionísio de Sousa: LANÇAMENTO DO LIVRO DE HOMENAGEM AO PADRE COELHO DE SOUSA

Segunda, 16 de Dezembro de 2013 em Atualidade 1354 visualizações Partilhar

Por Dionísio de Sousa: LANÇAMENTO DO LIVRO DE HOMENAGEM AO PADRE COELHO DE SOUSA

“Testamento Poético” é o título do livro editado por Dionísio Sousa, ex-presidente da Assembleia Legislativa dos Açores, que ontem foi lançado na Vila de São Sebastião, em Angra do Heroísmo, coincidindo com a comemoração do aniversário dos 50 anos de nomeação do Padre Coelho de Sousa para a Paróquia de São Sebastião.

A iniciativa, que contou com a colaboração da Junta de Freguesia, do Centro Comunitária e da Sociedade Recreativa Musical da Vila de São Sebastião, inseriu-se no âmbito de uma homenagem àquele que foi um dos “filhos mais queridos” desta freguesia, que o viu nascer, em 1924, e morrer em 1995.

Tal como escreveu no Blog Epigrama, em Julho deste ano, Dionísio de Sousa considera que este livro é o seu “contributo de reformado para o enriquecimento da cultura açoriana”, que levou muitas horas de seleção, organização e catalogação de um espólio imenso da autoria de Coelho de Sousa.

“O resultado foi um final feliz” acrescenta o editor de “Testamento Poético”, que compila crónicas e textos inéditos e outros “resgatados às ondas da rádio”, mas todos eles marcados por um “enorme sentido poético introspetivo e intimista”, caraterísticos do Pe. Coelho de Sousa.

 

Manuel Coelho de Sousa, Padre Coelho como era popularmente conhecido, nasceu a 30 de setembro 1924 na Vila de São Sebastião, ilha Terceira e ali faleceu a 2 de setembro 1995.

Ordenado Sacerdote em 1948, foi professor no Seminário Episcopal e no Liceu de Angra e chefe de redação (1956-62) no jornal “A União”, lugar que viria a reocupar mais tarde, até à reforma em 1994.

Assumiu a Paróquia de São Sebastião em 1963 depois de regressar de Salamanca onde frequentou o curso de filologia românica.

Além de pároco, professor e jornalista, notabilizou-se ainda como orador sacro, poeta, dramaturgo, pintor, encenador e ensaiador, escritor e animador cultural.

Texto/ Portal da Diocese de Angra