Jornal da Praia

PUB

PS/Açores apoia melhorias no Vale Saúde mas rejeita suspeitas infundadas de “promiscuidade”

Terça, 28 de Julho de 2020 em Atualidade 1221 visualizações Partilhar

PS/Açores apoia melhorias no Vale Saúde mas rejeita suspeitas infundadas de “promiscuidade”

O Grupo Parlamentar do PS/Açores apoia as melhorias que vão ser feitas no regulamento do Vale Saúde, mas rejeita as reiteradas tentativas, infundamentadas, de tentar passar a imagem de “promiscuidade” entre o Serviço Regional de Saúde e entidades privadas que ajudam a aumentar a eficácia das respostas dadas aos Açorianos.

O deputado Domingos Cunha, que esta terça-feira de manhã participava nas audições da Comissão de Assuntos Sociais, realçou: “É de facto importante ter esta capacidade de estar sempre a melhorar e, nesse sentido, apoiamos as alterações que se pretendem fazer na regulamentação do Vale Saúde, não só em termos de procedimentos administrativos, com vista a tornar mais eficaz a implementação deste programa que tem como objetivo reduzir as listas de espera de cirurgia através de acordos com privado”.

“Não faz sentido ouvir pessoas dizer que estão preocupadas com as listas de espera nos Açores e, simultaneamente, atacarem uma solução que está implementada para reduzir essas listas. Em política não pode valer tudo, principalmente quando está em causa da Saúde dos Açorianos, que tem sido uma prioridade para o Partido Socialista”, reiterou Domingos Cunha, depois das audições da Secretária Regional da Saúde que se fez acompanhar da Presidente e da Vogal do Conselho de Administração do Hospital do Divino Espírito Santo.

Também o deputado José Contente condenou a leviandade com que se acusou de “promiscuidade” entidades públicas e privadas: “Assistimos aqui à clarificação de uma série de questões que demonstram que o funcionamento do Vale Saúde mereceu atenção do Hospital do Divino Espirito Santo e da Secretaria Regional da Saúde, não se verificando as suspeições levantadas, inclusive em relação a pessoas que não estão presentes para se defender”.

José Contente realçou: “Ainda bem que há Vale Saúde - apesar de só haver duas entidades que se prestaram a fazer este tipo de serviço público, o que não é responsabilidade do Governo. Ainda bem que a regulamentação vai ser melhoradas e que os Açorianos podem continuar a beneficiar desta e de outras medidas”.