Jornal da Praia

PUB

BOMBEIROS DA PRAIA NA LINHA DA FRENTE CONTRA O COVID-19

Sexta, 10 de Abril de 2020 em Entrevista 592 visualizações Partilhar

BOMBEIROS DA PRAIA NA LINHA DA FRENTE CONTRA O COVID-19

1 - "TODOS juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase". Na vossa página do Facebook pode ler-se várias frases de incentivo ao trabalho desenvolvido pela corporação dos Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória?

É nossa firme convicção que todos juntos vamos ultrapassar esta fase difícil das nossas vidas. Nos momentos mais complicados as forças por vezes escasseiam, por isso os incentivos são um tónico importante para o restabelecer dessas energias, seja por palavras ou gestos. Felizmente que tem abundado as manifestações de apreço da população pelos seus Bombeiros, seja através de ofertas da mais variada espécie ou palavras e gestos que enchem o coração de quem se dedica com profissionalismo ao exercício de uma actividade para a qual se voluntariou.

É crucial manter o estado anímico em alta pois as tarefas diárias são árduas e exigem enorme atenção e dedicação.

2 - Nestes dias de pandemia do COVID-19, na linha da frente no auxílio as populações, quais as açôes desenvolvidas pelos Bombeiros da Praia da Vitória? Como é o vosso dia-a-dia dentro e fora da corporação?

As acções desenvolvidas pelos Bombeiros são de prestação de apoio e socorro à população exactamente como se de uma época normal se tratasse, pois, os serviços de saúde continuam a ser prestados assim como o socorro em caso de acidente, incêndio, etc. A acrescer a esta azáfama diária existem agora todas as actividades relacionadas com o COVID-19, como sejam o apoio na colheita de amostras e o transporte de doentes com suspeita de infecção, ou infectados.

Dentro do Quartel foram tomadas as medidas adequadas a esta situação de pandemia, com forte restrição de acessos e com alteração de turnos de modo a prevenir uma eventual situação de contaminação de algum dos Bombeiros. Neste momento poder-se-á dizer que não existe vida fora da Corporação pois quando os Bombeiros estão em período de descanso os seus cuidados em contactar com os seus familiares próximos são redobrados e o seu dia-a-dia é condicionado pela sua actividade de Bombeiro.

 

3 - Como tem decorrido a articulação entre os Bombeiros da Praia da Vitória e as várias entidades oficiais durante esta pandemia?

A articulação tem decorrido de forma simplesmente perfeita. Os contactos permanentes com a Secretária Regional da Saúde, o Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores, a Câmara Municipal da Praia da Vitória e as Unidades de Saúde de Ilha tem permitido uma acção conjunta que vai evoluindo em função das necessidades e dos cenários que vão surgindo.

Os diversos cenários passíveis de acontecerem tem sido alvo de uma análise atenta e de uma preparação cuidada para as várias eventualidades, em articulação com inúmeras entidades públicas e privadas, merecendo especial referência a Escola Profissional da Praia da Vitória que poderá vir a ser o espaço de confinamento para os Bombeiros em caso de necessidade.

É completamente impossível nomear todos aqueles que activamente tem colaborado com os Bombeiros.

Os momentos são difíceis, mas estamos todos imbuídos do mesmo espírito e irmanados na necessidade de remarmos todos na mesma direcção.

 

4 - As várias formações que os Bombeiros da Praia da Vitória possuem em variadas áreas são uma mais-valia no combate a esta pandemia?

A formação é a base de tudo, até de uma correcta capacidade de improviso. Nas formações adquirem-se conhecimentos técnicos sobre cada matéria, mas não menos importante é o conhecimento interpessoal e a capacidade de agir perante situações novas e exigentes. O esforço que cada um destes Bombeiros coloca na sua formação é muitas vezes o que garante o sucesso das operações, mesmo que isso passe despercebido, até a eles próprios.

 

5 - Uma das queixas generalizadas dos bombeiros a nível nacional é a falta de materiais de proteção individual. Os Bombeiros da Praia da Vitória estão devidamente equipados?

Reconhecemos como fundamentadas essas queixas de muitos camaradas nossos, mas com a mesma seriedade temos de reconhecer que no caos dos Bombeiros da Praia da Vitória não há qualquer falta de Equipamentos de Protecção Individual, obedecendo às normas indicadas como sendo as ideais.

Em primeiro lugar há que zelar-se pela protecção de cada um dos Bombeiros de forma a garantir a sua saúde e de modo a que possam continuar a exercer a sua actividade na maior segurança, para bem de toda a população.

 

6 - Nesta altura que estamos a viver, quais os conselhos ou recomendações que deixa à população em geral?

Em primeiro lugar que não deem crédito ao “covi dizer” e mantenham-se informados exclusivamente através dos meios oficiais, que tem funcionado na perfeição.

Não entrem em desesperos nem em facilidades, o trabalho que está a ser feito nos Açores está a ser excelente e está a dar resultados positivos, mas não tenhamos ilusões de que isto se resolverá em poucos dias.

Não saiam de casa em grupos, sobretudo não vão às compras em grupo levando idosos ou crianças, deixem isso para quando tudo isto passar.

Cumpram as indicações sobejamente conhecidas de todos, mas sobretudo FIQUEM EM CASA.

Foto: Bombeiros da Praia  da Vitória