Jornal da Praia

PUB

Vasco Cordeiro convida parceiros sociais e partidos políticos para análise da fase seguinte à pandemia

Quarta, 15 de Abril de 2020 em Atualidade 160 visualizações Partilhar

Vasco Cordeiro convida parceiros sociais e partidos políticos para análise da fase seguinte à pandemia

O Presidente do Governo garantiu hoje que estão a ser mobilizados todos os recursos e todas as competências para responder aos efeitos da pandemia de COVID-19 e anunciou que vai convidar os parceiros sociais e os partidos políticos para analisar a fase seguinte de recuperação da economia e de reforço das medidas de apoio social na Região.
“A evolução diária desta pandemia, à escala mundial, não nos permite fazer qualquer projeção realista quanto ao seu fim, mas estamos a mobilizar todos os nossos recursos e todas as nossas competências - tudo aquilo que temos à nossa disposição - para enfrentar esta situação e para minimizar o impacto que ela pode ter, desde logo, na nossa economia e na nossa sociedade”, afirmou Vasco Cordeiro, na Comissão Permanente da Assembleia Legislativa.
Participando nessa reunião por videoconferência para esclarecer os deputados sobre as medidas já tomadas, assim como outras a implementar nos Açores nas várias áreas, o Presidente do Governo adiantou que está a ser feita uma monotorização permanente e diária dos efeitos desta crise, no sentido de se ajustarem as medidas, quer na economia regional no seu todo, quer no universo das empresas e das famílias.
“Apesar de toda esta incerteza, é necessário também, à medida que nos vamos aproximando da estabilização desta situação, pensar naquilo que se segue, do ponto de vista de reativação da economia e de apoio àqueles que estão numa situação de maior fragilidade”, disse Vasco Cordeiro.
“Nesse âmbito, convidarei os parceiros sociais e os partidos políticos para participarem neste processo de repensar e avaliar o tipo de medidas que, no seu entender, são necessárias para fase que se seguirá, de forma a que possamos ter o máximo de consenso possível quanto à atuação da nossa Região”, anunciou.
Nesta reunião, o Presidente do Governo adiantou, por outro lado, que vão ser investidos cerca de cinco milhões de euros no material necessário para a realização de 400 mil testes de despiste do novo coronavírus, antecipando-se, por esta via, aquelas que podem ser necessidades futuras.
Este material chegará à Região de forma gradual, dados os constrangimentos que se verificam no mercado internacional deste tipo de produtos.
“O entendimento que o Governo dos Açores tem seguido é o de, por antecipação, dotar o Serviço Regional de Proteção Civil com os meios que, com a evolução possível desta pandemia, permitam que tenha a capacidade para atuar o mais prontamente possível”, assegurou.
Este será um investimento de mais de cinco milhões de euros, que se junta aos 9,3 milhões de euros já investidos pelo Governo dos Açores nos equipamentos de proteção individual e que já começaram a chegar à Região, através de uma operação extraordinária realizada à China pela Azores Airlines.
Nesta reunião com os deputados regionais, o Presidente do Governo destacou ainda várias medidas que têm sido implementadas na Região nas últimas semanas, não apenas no âmbito da saúde pública, mas também de apoio social e de apoio ao emprego e à dinamização da economia, as quais pretendem criar as condições para que a Região esteja o menos fragilizada possível para encetar a recuperação.
“No que se refere à economia da Região, a nossa estratégia tem sido muita clara e objetiva. Em primeiro lugar, criámos todas as condições para que as empresas açorianas tenham apoios significativamente superiores aos que beneficiam as restantes empresas do país e asseguramos que todos os apoios regionais sejam complementares aos nacionais, de forma a maximizar a disponibilização de recursos às empresas açorianas”, salientou Vasco Cordeiro.
Na sua intervenção, o Presidente do Governo enalteceu, por outro lado, o elevado sentido cívico dos Açorianos que, “rapidamente, compreenderam o que estava aqui em causa, acatando, na generalidade, todas as medidas – algumas bastante duras e disruptivas da nossa vivência habitual – que têm sido implementadas ao longo das últimas semanas”.
Vasco Cordeiro salientou ainda que medidas de proteção da saúde pública e da saúde de cada um dos Açorianos assentam em critérios técnicos e clínicos devidamente fundamentados por um grupo alargado de especialistas, que, diariamente, acompanha o evoluir desta pandemia na Região, coordenado pela Secretária Regional da Saúde.

GaCS/PC