Jornal da Praia

PUB

WORLD RESCUE CHALLENGE: BOMBEIROS DA PRAIA CONTINUAM A ELEVAR O NOME DA REGIÃO E DO PAÍS

Segunda, 16 de Setembro de 2019 em Atualidade 1614 visualizações Partilhar

WORLD RESCUE CHALLENGE: BOMBEIROS DA PRAIA CONTINUAM A ELEVAR O NOME DA REGIÃO E DO PAÍS

Decorreu de 12 a 15 de setembro, em La Rochelle, França, o “World Rescue Challenge 2019” – Campeonato do Mundo de Trauma e Desencarceramento.

Na vertente Trauma, as cores nacionais foram representadas por três equipas de corporações de bombeiros dos Açores. Equipas A e B dos voluntários da Praia da Vitória e outra dos voluntários de São Roque do Pico.

Na categoria de Trauma, a competição compreende a realização de duas provas de primeiros socorros: Simples, apenas uma vítima e Complexa com duas ou mais vítimas.

Na classificação geral final, ontem conhecida na cerimónia de encerramento da competição, a equipa A dos bombeiros da Praia, constituída por Bruno Espínola e Carlos Pacheco, tendo como treinador Fernando Leite, classificou-se na terceira posição, tendo averbado o 1.º lugar na prova complexa. Já a equipa B, orientada pelo mesmo Fernando Leite e constituído por Leonel Raimundo e Hugo Sales, classificou-se em 6.º lugar. Duas posições abaixo, 8.º da geral, ficou a equipa de São Roque do Pico constituída pelos elementos Tiago Cunha e Pedro Salgueiro, sendo o treinador João Paulo Silva.

Em nota de imprensa o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), “congratula as três equipas açorianas pela participação e pelos resultados alcançados”, expressando que estes resultados “são motivo de orgulho e vêm demonstrar e confirmar a aptidão e a qualidade dos nossos bombeiros que, pela primeira vez, representaram os Açores e Portugal com três equipas da Região nesta prova de dimensão internacional”.

Por sua vez, a secretária regional da Saúde, Teresa Machado Luciano, destacou hoje os “excelentes resultados” alcançados pelas três equipas de bombeiros dos Açores. “As excelentes classificações uma vez mais obtidas no Campeonato Mundial de Trauma, tal como tem acontecido nos últimos anos, continuam a comprovar a qualidade dos nossos bombeiros, fruto do seu esforço e dedicação”, sublinhou a também responsável pelo SRPCBA, citada pelo GaCS.

O palmarés dos Bombeiros da Praia da Vitória, neste que é considerado o maior evento internacional realizado em ambiente simulado é verdadeiramente notável. Em 2016, em prova realizada em Curitiba, estado do Panamá, Brasil, classificaram-se em 4.º lugar da geral. No ano seguinte, 2017, o título de campeão de mundo de Trauma viajou até à Praia da Vitória, depois dos bombeiros da Praia terem sido os melhores na competição que decorreu na cidade húngara de Târgu Mures. O ano passado, em prova realizada na Cidade do Cabo, África do Sul, a equipa constituída por Bruno Espínola e Carlos Pacheco e treinada por Fernando Leite, sagrou-se vice-campeã, sempre na vertente Trauma da competição.

O “World Rescue Chalenge” é uma competição que põe à prova procedimentos de socorro a vítimas, com simulacros de acidentes o mais próximo da realidade possível. Para além da componente competitiva, o evento proporciona aos participantes uma rica aprendizagem pela partilha de experiências e saberes entres bombeiros dos quatro cantos do mundo. No “World Rescue Challenge 2019” participaram cerca de três centenas de bombeiros oriundos de 16 países.

A Assembleia Geral da World Rescue Organization, entidade responsável pela realização anual do certame, decidiu no passado dia 11 de setembro, por unanimidade de todos os países presentes, atribuir à Praia da Vitória a organização do “World Rescue Challenge 2023”, após candidatura submetida pela Associação Nacional de Salvamento e Desencarceramento, na sequência do compromisso assumido para com a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória, aquando da realização do Campeonato Nacional de Trauma e Desencarceramento que decorreu na cidade de Nemésio no passado mês de maio.

FS/JP