Jornal da Praia

PUB

PALCO MARINA VIBRA COM AS “ONDAS” DA MÚSICA NAS FESTAS DA PRAIA 2019

Terça, 23 de Julho de 2019 em No Concelho 125 visualizações Partilhar

PALCO MARINA VIBRA COM AS “ONDAS” DA MÚSICA NAS FESTAS DA PRAIA 2019

“Bel Cantus”, “Entre Parentes”, “Bruno Walter & Friends”, “Juke & Jam”, “Tom Hamilton Trio”, “Half Step Down”, “Ti-Notas”, “Joana Pacheco & Friends”, “Senza” e “Fernando Terra e Banda”, são os agrupamentos musicais que vão atuar no Palco Marina – Electro Cruzeiro, de 2 a 10 de agosto, nas Festas Praia 2019.

Sonoridades portuguesas com influências tradicionais folclóricas, música popular, registos de blues, jazz, bossa nova e pop-urbana, covers dos grandes clássicos dos anos 70, 80 e 90, rock experimental e até canções inspiradas em viagens feitas à volta do mundo prometem muitos e bons momentos na zona marginal da Cidade da Praia da Vitória, durante as maiores festividades do Concelho.

“As Festas da Praia são o espelho de uma Cidade e de um Concelho dinâmicos e são pensadas também para bem receber os nossos emigrantes, que regressam à sua terra por estes dias, e todos os visitantes turistas que estão por cá, para lhes dar as boas vindas, pelo que a preocupação da organização é promover eventos e espetáculos para todos os gostos”, diz Carlos Armando Costa.

O vice-presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória e responsável pela Cooperativa Praia Cultural, entidade organizadora das festividades, justifica assim a panóplia diversificada de sons e registos musicais que, este ano, vão preencher a programação do Placo Marina – Electro Cruzeiro.

Logo no primeiro dia de festas, dia 2 de agosto, sexta-feira, o palco instalado na zona marginal da Av. Álvaro Martins Homem, recebe dois agrupamentos terceirenses com registos portugueses: os “Bel Cantus” e os “Entre Parentes”. O primeiro grupo sobe ao palco pelas 22h00. Os “Bel Cantus” estrearam-se em junho de 2013, no II Festival de Fado Amador dos Açores, realizado na Academia de Juventude e de Artes da Ilha Terceira. É um grupo formado por 6 jovens terceirenses (Rita Correia e Carla Vieira, nas vozes; Celso Mendonça, guitarra clássica; Vítor Costa, no baixo; Luís Costa, percussão; Rodrigo Lima, na flauta transversal; e Márolo Silva, acordeonista). Os “Bel Cantus” apostam nas sonoridades portuguesas com influências tradicionais folclóricas.

Já os “Entre Parentes”, que atuarão pelas 23h30, são um grupo formado por cinco músicos, todos eles familiares (Antero Ávila, Andreia Machado, Gilberto Pereira, Grinoalda Ávila e Miguel Soares), que tocam e cantam música em português. Fizeram o seu primeiro concerto no Natal de 2008 e desde então têm realizado vários concertos na Terceira, Pico e nas comunidades emigradas na Califórnia, Boston e Toronto.

No sábado, dia 3, subirá a um palco que bem conhece, pelas 23h30, Bruno Walter Ferreira, sempre acompanhado pelos seus amigos. BWF (Bruno Walter & Friends), para além de Bruno Walter na voz, guitarra acústica e harmónica, conta com Paulo Cunha (baixo, guitarra e voz), Viorel Taranu (violino e acórdeão), Rui Melo (saxofone), Márcio Cota (trompete), Antero Ferreira (baixo) e Durval Silva (drum). Trata-se de um sexteto com repertório original, que se inspira nos estilos blues, jazz, bossa nova e pop-urbana.

No domingo, dia 4, às 23h00, atuam “Juke & Jam”, inspirados pelo rock, blues, jazz e soul. O grupo, na sua formação inicial, teve como objetivo criar um set acústico de covers, diferente do que havia por cá. O projeto começou com um convite para um espetáculo no Dia Internacional da Mulher, em 2013. Os “Juke & Jam” são constituídos por Sónia Pereira (voz), Bráulio Brito (trompete), João Santos (voz e guitarra acústica) e Nivaldo Sousa (voz e guitarra elétrica). 

A começar a semana, na segunda-feira, dia 5, também pelas 23h00, o Palco Marina – Electro Cruzeiro receberá “Tom Hamilton Trio”. O guitarrista britânico Tom Hamilton, residente em Castelo Branco, regressou à ilha Terceira para uma série de concertos, entre os quais o da Festas Praia 2019, acompanhado, no baixo, por Paulo Cunha e, na bateria, por Duarte Silva. Este trio promete interpretar covers dos anos 70, 80 e 90, com cunho pessoal de Tom Hamilton.

No dia 6 de agosto, a partir das 23h00, vez e voz para “Half Step Down”, projeto com Tony Silveira e Wilson Medina, criado em 2015, com um registo à volta do rock experimental. Este projeto chegou a ganhar o prémio para “Melhor Voz” no Concurso Angra Rock.

A 7 de agosto, pelas 00h00 da madrugada, diretamente da costa Norte da Terceira, os sempre divertidos “Ti-Notas”. Gerry Estrela (voz e guitarra), Teófilo Cota (voz, guitarra e cavaquinho), Manny Franco (violino e voz), Francisco Loureiro (bandolim e voz), Eduardo Meneses (baixo e voz), Paulo Amaral (guitarra e voz), João Mendes (guitarra e voz), Pedro Luís (bateria e voz), Tiago Cordeiro (percussão e voz), Emanuel Barcelos (guitarra e voz) e Hélder Xavier (guitarra e voz) formam este grupo de música popular, criado em 1997, na freguesia dos Altares. Atualmente, os “Ti-Notas” encontram-se a gravar um novo álbum, no "Watt Studio", nos Altares, que deverá sair para o mercado no final do verão.

Já a 8 de agosto, pelas 23h00, Joana Pacheco convida os seus amigos para mais uma noite de festividades à beira-mar. Dona de uma voz encantadora esta jovem de 21 anos, também natural da ilha Terceira, cantou pela primeira vez em 2009, num festival da canção. Estudante de música clássica foi aluna de Alla Lanova, Ana Paula Pereira e Sara Miguel. Nesta noite vai convidar amigos músicos e cantores para se juntar a ela, num show que promete muitas surpresas. Joana Pacheco tem um canal no YouTube, já com milhares de seguidores, com vídeos de várias das suas interpretações (https://www.youtube.com/joanapacheco).

Na noite de 9 de agosto, pelas 23h30, uma banda portuguesa que se inspira nas viagens que já realizou pelos cinco continentes – os “Senza”. Músicos e viajantes, compõem canções inspiradas nas viagens que fazem pelo mundo, estando, neste momento, a apresentar o seu segundo disco, "Antes da Monção", na sequência da viagem que fizeram à Índia, álbum que conta com as participações especiais de Júlio Pereira, Rão Kyao e João Frade. As primeiras músicas deste grupo nasceram nas praias do sul do Cambodja, Vietname e Tailândia.

Por fim, para fechar a programação do Palco Marina – Electro Cruzeiro, a organização das Festas Praia 2019 agendou, para as 23h00, do dia 10 de agosto, a atuação de Fernando Terra e Banda. Músico, ator, palhaço, formador, compositor, escritor e performer, Fernando Terra, natural do Brasil, mas residente na Europa desde 1999, dedica-se atualmente à direção artística da Associação MELECA, coordenando o projeto “Encontros Felizes”, integrado na Operação Nariz Vermelho.

GP-MPV/JP