Jornal da Praia

PUB

A Pobreza nos Açores

Sexta, 21 de Junho de 2019 em Editorial 308 visualizações Partilhar

A Pobreza nos Açores

Novamente veio à liça factos inegáveis relacionados com a pobreza e ou risco de pobreza a que os Açoreanos estão sujeitos, e os Açores são a região do país onde “os cidadãos estão mais expostos ao risco de pobreza".

Factos espelhados nos indicadores do Instituto Nacional de Estatistica, que se confirmam e não há volta a dar a tão nefasto quadro, que nos deve envergonhar, nomeadamente os representantes dos orgãos decisórios regionais, que apesar de se esforçarem para mitigar esta situação não têm conseguido ultrapassá-la.

O fosso entre ricos e pobres acentua-se, a pobreza e exclusão social consolidam-se, o trabalho é muitas vezes precário e mal remunerado, as desigualdades na destribuição dos rendimentos são enormes, portanto o risco de pobreza está patente e de difícil remoção para as pessoas que diariamente se defrontam com os problemas suscitados pela violação de direitos elementares, como seja o bem estar familiar e social, isto é a uma vida condigna.

É triste e vergonhoso assistirmos no dia a dia a um sem abrigo de nacionalidade Belga a pernoitar dentro de um saco cama junto ao Palácio da Justiça da Praia da Vitória, e que além de desumano, anormal em pleno século XXI, nada foi feito pelas instituições públicas e sociais para resolução de tão grave problema que se arrasta há mais de um ano sem que seja resolvido, a fim de se põr termo a tão triste espectáculo, não só para as pessoas da cidade, mas também para quem nos visita.

Estas situações inadmissíveis dos deserdados, geram quadros tão negros que em nada abonam a favor da nossa terra, e não é de admirar que a abstensão aumente cada vez mais aquando dos actos eleitorais, tudo isto não passa de um atentado ao Estado de Direito.

Precisamos de novas politicas, novas atitudes para trilharmos caminhos decisivos que nos conduzam a uma saída eficaz e positiva na construção de uma sociedade melhor, cuja estatistica deixe de ser negativa quanto às condiçoes de vida no arquipélago dos Açores, e não basta querer é preciso actuar de forma altruista para se conquistar o sucesso em prol dos Açores.

O Diretor
Sebastião Lima
diretor@jornaldapraia.com