Jornal da Praia

PUB

CAMPEONATO NACIONAL DE TRAUMA E DESENCARCERAMENTO 2019: HELICÓPTERO EH-101 MERLIN DA ESQUADRA 751 FAZ DEMONSTRAÇÃO DE SALVAMENTO EM TERRA E NO MAR

Sexta, 17 de Maio de 2019 em No Concelho 109 visualizações Partilhar

CAMPEONATO NACIONAL DE TRAUMA E DESENCARCERAMENTO 2019: HELICÓPTERO EH-101 MERLIN DA ESQUADRA 751 FAZ DEMONSTRAÇÃO DE SALVAMENTO EM TERRA E NO MAR

A Sessão de Abertura do Campeonato Nacional de Trauma e Desencarceramento 2019, que decorreu ao final da tarde de ontem, 16 de maio, no miradouro da Serra do Facho, ficou marcada pela realização de uma demonstração dos meios operacionais estacionados na Base Aérea n.º 4, nas Lajes, particularmente do helicóptero EH-101 Merlin da Esquadra 751 da Força Aérea Portuguesa.

Esta demonstração foi antecedida de uma explicação do Comandante da Zona Aérea dos Açores, Brigadeiro-General Eduardo Faria, elucidando os presentes para o que iriam observar tanto em terra como no mar.

Dividida em duas vertentes – espelhando o dia-dia da Esquadra no arquipélago – procedeu-se à simulação de duas operações de resgate, uma em montanha ou escarpa que decorreu na encosta, e uma segunda no mar, a meio da magnífica baía da Praia da Vitória.

A Esquadra 751 da Força Aérea Portuguesa foi criada em abril de 1978 e começou a operar com helicópteros “Puma”, razão pela qual são chamados de “Pumas”, mas em 2005, este helicóptero foi substituído pelo EH-101 Merlin. Dotado de uma tecnologia de ponta, o EH-101 Merlin possui capacidade para executar resgates a mais de 700 Km da costa, quer de dia como de noite e consegue operar em condições meteorológicas que podem ser muito adversas.

A tripulação do helicóptero é composta por cinco elementos: Piloto, copiloto, operador de sistemas, recuperador-salvador e enfermeiro aeronáutico. O helicóptero voa a uma velocidade de 250 Km/H e apresenta uma capacidade de sobrevivência de dois barcos, apenas para tripulantes, e quatro flutuadores para situações de emergência. Opera num raio de ação de 650 Kms com 30 minutos de operação na área. O guincho apresenta uma capacidade de elevação de 272 quilos. A aeronave poderá transportar 16 macas sem equipas médicas ou 5 com as respetivas equipas de apoio. Em situações de evacuações de emergência rápida tem capacidade para 33 passageiros.

A Esquadra 751 é composta por cerca de 120 militares que asseguram diariamente a prontidão dos 4 helicópteros de alerta ao seu serviço, distribuídos pela Base Aérea N.º 6, Porto Santo e Base Aérea N.º 4, Lajes, com o objetivo de responder a qualquer solicitação em 30 minutos se de dia, ou, 45, se de noite. É responsabilidade da Esquadra uma área que corresponde a um terço do oceano Atlântico Norte, cerca de cinco milhões de quilómetros quadrados.

O helicóptero EH-101 Merlin começou operar nos Açores em 2007. No ano seguinte, sofreu um interregno voltando ao arquipélago em 2010. Ao longo de todos estes anos de serviço contabilizou 4.800 horas de voo e transportou 1200 doentes entre as ilhas. Em termos de busca e salvamento, efetuou cerca de 1.000 horas de voo e salvou 260 vidas.

JP