Jornal da Praia

PUB

FORMAÇÃO EM OUTSYSTEMS É NOVA APOSTA DO TERCEIRA TECH ISLAND

Quarta, 20 de Fevereiro de 2019 em No Concelho 1895 visualizações Partilhar

FORMAÇÃO EM OUTSYSTEMS É NOVA APOSTA DO TERCEIRA TECH ISLAND

O projeto “Terceira Tech Island” tem um novo parceiro – ITUp – o qual pretende criar 60 novos posto de trabalho, gerando um aumento salarial anual potencial superior a 1 milhão de euros, com formação de programadores em OutSystems.

OutSystems é uma ferramenta de desenvolvimento rápido de aplicações de software (low code) e um dos três “unicórnios” nacionais (empresas que valem mais de mil milhões de euros). A formação nesta plataforma alternativa às tradicionais linguagens de programação traz um conjunto alargado de vantagens para os formandos, segundo explica Luís Campos, CEO da ITUp, e “contribuirá de forma decisiva” para o principal objetivo deste bootcamp intensivo de programação: transformar a ilha Terceira num centro de empresas tecnológicas.

“A OutSystems permite aos programadores desenvolver aplicações web e mobile de forma mais rápida e simples do que as tradicionais linguagens de programação e codificação, caracterizadas pela sua complexidade e elevado nível de abstração. Integrando, numa única plataforma, soluções de programação e de inteligência artificial, esta tecnologia torna possível desenhar desde complexos sistemas de suporte à produção até aplicações internas para colaboradores ou clientes”, começa por explicar Luís Campos.

“Através de ferramentas visuais, intuitivas e, por isso, mais fáceis de aprender, a OutSystems oferece uma solução de programação rápida e com altos níveis de produtividade: bastam dias ou semanas, consoante a complexidade dos projetos, quando antes eram necessários meses ou anos”, acrescenta.

O público-alvo desta formação são residentes nos Açores, preferencialmente, com formação em engenharia e matemática ou cursos profissionais tecnológicos. A formação em OutSystems é gratuita, tem a duração de 12 semanas e arranca no dia 25 de Março de 2019, podendo as candidaturas ser feitas em https://academy.itup.pt/turn-up-terceira-tech-island/, até ao dia 11 de março. Será disponibilizado alojamento gratuito aos formandos que o requisitarem.

Entre as muitas vantagens de uma carreira OutSystems, estão a elevada taxa de empregabilidade, muito perto dos 100 por cento, e os salários acima da média. Segundo o Salary Survey 2019, levado a cabo pela consultora Robert Walters, um programador OutSystems, com 2 a 5 anos de experiência, aufere em média, entre 25 e 40 mil euros anuais.

“Desde 2016, a ITUp formou 1134 pessoas em OutSystems, por todo o mundo, e criou 180 novos empregos. Temos uma taxa de empregabilidade de 98,8%, um número muito atrativo para qualquer pessoa que pretenda seguir a área da programação”, afirma Luís Campos.

A parceria com a ITUp representa um investimento de 300 mil euros para o Governo Regional dos Açores e permitirá criar 60 novas vagas para formação, de um total de 220, do “Terceira Tech Island”.

“Tendo em conta o crescente número de empresas nacionais e internacionais de grande dimensão a trabalhar com OutSystems, fazia todo o sentido disponibilizarmos também esta formação”, explica Sérgio Ávila, vice-presidente do executivo açoriano, para quem “a introdução de formação numa nova plataforma de programação é sinónimo de maior diversidade de opções para os formandos e de um consequente aumento de oportunidades para atrair empresas que queiram instalar-se neste Hub tecnológico”.

Entre as empresas que usam a plataforma OutSystems e que já receberam formação da ITUp estão a Deloitte, KPMG, Roff, Altran, Everis, Novabase, MEO, Liberty Seguros, Banco CTT, CTT, Santander, Lusitania Seguros, Mercedes Benz ou Galp, por exemplo. No total a ITUp tem 81 clientes, espalhados pelos cinco continentes.

Para Ricardo Araújo, Diretor de Talento do Ecossistema da OutSystems, esta é uma iniciativa que vem dar resposta a uma necessidade premente: “A procura do mercado por profissionais especializados na nossa plataforma é cada vez maior. O projeto Terceira Tech Island com a ITUp alinha-se completamente com a estratégia de aumentar o número de developers OutSystems em regiões com ainda poucos profissionais especializados nesta tecnologia”.

JR/JP