Jornal da Praia

PUB

SAD do Sport Clube Praiense

Sexta, 08 de Fevereiro de 2019 em Editorial 612 visualizações Partilhar

SAD do Sport Clube Praiense

O Sport Clube Praiense, Associação Desportiva e Recreativa, fundada em 1947, na então Vila da Praia da Vitória, foi ao longo da sua existência um clube desportivo, nomeadamente na prática do futebol, que orgulhou e orgulha os Terceirenses em geral e os Praienses em particular, sendo múltiplo e honroso o palmarés dos Vermelhos da Praia da Vitória.

Como afirmou o poeta Luís Vaz de Camões “Todo o mundo é composto de mudança/tomando sempre novas qualidades”, por isso há que evoluir, não podemos ficar parados no tempo de forma letárgica e inactiva, urge progredir de forma sustentável para nos adaptarmos ao futuro que nos bate à porta, e pelo que conhecemos nas notícias e temos assistido em determinados locais das nossas cidades e vilas, a constituição de Sociedades Anónimas Desportivas, está na moda e por isso a Direcção do Sport Clube Praiense, presidida por Marco Monteiro entendeu que seria útil e viável a constituição de uma SAD, e para tal convocou-se uma Assembleia Geral Extraordinária, que se realizou na sede do Praiense, no dia 11 de Janeiro de 2019, onde os associados aprovaram por esmagadora maioria a constituição da Sociedade Anónima Desportiva do Sport Clube Praiense.

Depois de discutida e analisada os prós e os contras da constituição da SAD do Praiense, os associados entenderam por bem dar o seu aval com 91% de votos a favor e assim, a Direcção do Sport Clube Praiense já encetou todos os procedimentos legais para a constituição da SAD, que brevemente entrará em actividade.

Segundo o Presidente Marco Monteiro “este projecto só faz sentido com envolvência de todos. A constituição de uma SAD obriga a novos procedimentos e, claro, queremos ter a edilidade e as forças vivas do concelho como parceiros”, cuja meta é colocar o Praiense na Primeira Liga do Futebol no espaço de 5 anos, por isso há que construir um Praiense forte e vencedor, que não perca a sua identidade, nem põe em causa o seu futuro.

Pois, se se conseguir estas almejadas pretensões será bom para o glorioso Praiense e para a cidade da Praia da Vitória.

O Diretor
Sebastião Lima
diretor@jornaldapraia.com