Jornal da Praia

PUB

Também Existem Boas Notícias

Sexta, 21 de Dezembro de 2018 em Editorial 378 visualizações Partilhar

Também Existem Boas Notícias

No mundo e na nossa terra vivemos constantemente embrulhados em noticias péssimas e muitas delas não são verdadeiras, não correspondem à verdade, são totalmente e ou parcialmente falsas.

As más notícias que ultimamente ocorreram sobre a Praia da Vitória, sobre o seu concelho têm caído em catadupa nos órgãos de informação locais, regionais e nacionais e sempre em elevados e relevantes destaques, e muitas das vezes com o intuito de pintar um quadro negro sobre a nossa terra, apagando quaisquer aspectos positivos que são certamente muitos e variados.

Não podemos esconder a verdade, pois certamente tem ocorrido factos que nos espanta a todos, nomeadamente em relação à poluição ambiental do concelho da Praia da Vitória, devido à utilização da Base Militar das Lajes pelas Forças Armadas Norte Americanas ali estacionadas há vários décadas, onde as áreas poluídas já detectadas e as novas áreas a determinar têm de ser alvo de estudos por Laboratórios Científicos, que se querem competentes e independentes do poder político, para que se possa apurar a verdade factual e combater meras especulações, que só têm gerado pânico na população, principalmente nas famílias que têm sido afectadas por doenças cancerígenas.

Num mundo muito conturbado, onde o economicismo tenta superar tudo e todos, há simplesmente que perscrutar também as boas noticias da nossa terra, nomeadamente as práticas salutares levadas a efeito pelos responsáveis governamentais em prol da natureza, e cabe certamente realçar o galardão “Município do Ano”, atribuído à Praia da Vitória, pelo projecto UM-Cidades da Universidade do Minho pela recuperação e preservação das zonas húmidas dos Pauis da Praia da Vitória, levadas a cabo pela Câmara Municipal da Praia da Vitória (Paul da Zona Verde de Santa Cruz, Paul do Belo Jardim e o Paul da Pedreira do Cabo da Praia), que não foi certamente tema de abertura de telejornais, nem de primeira página nos jornais, o que é lamentável, “não elevamos uma coisa fazendo com que ela tende para o mal", senão estamos a construir o caos, e só somos felizes quando temos boas sensações e afastamos as más. “Se a imaginação do homem é por sua vez um produto de algoritmos bioquímicos”, deve mais do que nunca ser dirigida à descoberta da verdade e não podemos passar ao lado das fake news, como uma coisa de menor importância, no nosso dia-a-dia, devendo ser afastadas, não permitindo assim, que os nossos políticos e governantes tirem inúmeras vantagens indevidamente de métodos indignos, e deixaremos de ser vitimas de uma visão falsa da nossa história.

O Diretor
Sebastião Lima
diretor@jornaldapraia.com