Jornal da Praia

PUB

Na Vila Nova Instituto Aoriano de Cultura apresenta dois audiolivros

Sexta, 18 de Abril de 2008 em Atualidade 763 visualizações Partilhar

Na Vila Nova Instituto Aoriano de Cultura apresenta dois audiolivros

Os audiolivros Terra do Bravo, de Carlos Enes (romance que retrata a vida social de uma freguesia rural da ilha Terceira nos meados do século XX, editado pelo IAC-Instituto Açoriano de Cultura em 2005) e Chiquinho, de Baltazar Lopes (romance fundador da literatura cabo-verdiana, surgido no âmbito do movimento Claridade) – cuja realização foi levada a efeito pelo IAC, no contexto da execução do projecto CHRONOS, serão apresentados, em parceria com a Junta de Freguesia da Vila Nova, na Sociedade Filarmónica daquela freguesia, no próximo sábado, dia 19 de Abril, pelas 16h00.A apresentação contará com o presença do autor de Terra do Bravo, Carlos Enes, da actriz Maria do Céu Guerra e da Prof.ª Elisa Gomes da Torre, da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, autora de um estudo comparativo entre as duas obras realizado no contexto da edição dos audiolivros. Estará também presente o grupo Fala Quem Sabe que marcará a apresentação das obras com um seu apontamento.

As gravações do romance Terra do Bravo decorreram na ilha Terceira, no fianl do ano passado, e contaram com a participação de vários individualidades do meio ligadas ao teatro. Por sua vez, as gravações de Chiquinho decorreram em Lisboa e nelas participaram diversos actores e cantores cabo-verdianos que quiseram ficar ligados à realização deste primeiro audiolivro da literatura cabo-verdiana. A direcção de actores esteve a cargo da conhecida actriz Maria do Céu Guerra, a quem o IAC-Instituto Açoriano de Cultura endereçou um convite para o efeito e que se diz muito entusiasmada com este projecto, o qual permite introduzir diferenças no convencional formato de monólogo do audiolivro ao contar com a participação de vários intervenientes.
Esta actividade da edição dos dois audiolivros surge no contexto da execução do projecto CHRONOS – e-learning – História e Cultura da Macaronésia, que conta com o co-financiamento comunitário através do Programa INTERREG IIIB, e do qual o IAC-Instituto Açoriano de Cultura é Chefe de Fila. Este projecto integra ainda outros parceiros dos Açores, da Madeira, das Canárias e de Cabo Verde e propõe-se desenvolver uma plataforma de e-learning com conteúdos relacionados com a História e a Cultura das regiões da Macaronésia, no âmbito dos quais os audiolivros constituem um importante material de apoio.