Jornal da Praia

PUB

TERCEIRA TECH ISLAND: CEDIDO À REGIÃO BAIRRO NASCER DO SOL E COMPLEXO ESCOLAR DAS LAJES

Quinta, 15 de Novembro de 2018 em Atualidade 62 visualizações Partilhar

TERCEIRA TECH ISLAND: CEDIDO À REGIÃO BAIRRO NASCER DO SOL E COMPLEXO ESCOLAR DAS LAJES

O Vice-Presidente do Governo afirmou na passada segunda-feira que o projeto Terceira Tech Island integra uma estratégia de desenvolvimento promovida pelo Governo Regional que está a ter, e vai ter ainda mais, “um efeito muito decisivo no futuro da Terceira e dos Açores”, com a captação de mais empresas nacionais e estrangeiras e a criação de novos postos de trabalho qualificado.

Sérgio Ávila destacou que este projeto transformou o problema criado pela redução dos efetivos militares e civis norte-americanos na Base das Lajes “numa oportunidade de desenvolvimento”, em conjunto com a Câmara Municipal da Praia da Vitória e o Estado.

O Vice-Presidente, que falava na assinatura com o Comando da Zona Aérea dos Açores do Auto de Entrega e Aceitação das habitações do Bairro Nascer do Sol e do Complexo Escolar, realçou o “trabalho desenvolvido em conjunto”, que já permitiu, através do processo de transição atempado, o lançamento de concursos por parte da Região para reabilitação e adaptação destas infraestruturas ao projeto.

Após a conclusão das obras de adaptação, orçadas em cerca de cinco milhões de euros, as empresas que já estão alojadas provisoriamente na Praia Links e as que estão a preparar investimentos na Terceira vão instalar-se no antigo complexo escolar do ex-bairro norte-americano, onde também vão ser disponibilizadas habitações para quadros.

“Temos reunidas todas as condições e trabalho já feito”, frisou o titular das pastas do Emprego e da Competitividade Empresarial, salientando que o número de postos de trabalho diminuídos por via da redução da presença norte-americana é compensado com este projeto.

O governante adiantou que até ao final de 2020 podem ser criados até 440 postos de trabalho diretos.

Nesse sentido, Sérgio Ávila desafiou “todos os Açorianos que queiram aderir” à formação em programação que é facultada no âmbito do Terceira Tech Island e que já é reconhecida como uma mais valia pelas empresas instaladas e as que se estão a instalar, dando a garantia de um emprego bem remunerado.

NOVA DIMENSÃO

O Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória Tibério Dinis afirmou, esta segunda-feira, que o projeto Terceira Tech Island “está a ganhar outra dimensão”, agora ao nível das infraestruturas, para continuar a contribuir para o desenvolvimento económico do Concelho e da Ilha.

À margem da sessão solene de assinatura de um protocolo entre o Governo Regional e o Governo da República, através da Força Aérea Portuguesa, do auto de entrega e aceitação das habitações do Bairro Nascer do Sol e do Complexo Escolar – uma antiga zona residencial das forças militares norte-americanas instaladas na Base das Lajes, nas imediações da infraestrutura militar – Tibério Dinis congratulou-se com o entendimento alcançado entre todas as partes e disse que “o repto, agora, é olhar para o futuro e colocar novamente estas instalações ao serviço da Praia da Vitória e dos praienses”.

O protocolo assinado entre o Vice-presidente do Governo Regional, Sérgio Ávila, e o Comandante da Zona Aérea dos Açores, Brigadeiro-General piloto aviador Eduardo Faria, no Palácio dos Capitães Generais, contou com a presença do Autarca praiense, cujo papel foi reconhecido “pela extraordinária colaboração e participação da Câmara da Praia da Vitória em todo esse processo” de transferência de património para a Região.

À saída, Tibério Dinis congratulou “o Governo Regional, o Governo da República e a Força Aérea por terem chegado a este entendimento que permite a transferência de um conjunto vasto de infraestruturas que vão dar seguimento à afirmação do projeto Terceira Tech Island que tem vindo a desenvolver-se, a formar programadores e a reforçar fortemente a componente de formação de ativos, a criar empregos e a atrair e sediar muitas empresas, algumas multinacionais de renome, na Praia da Vitória”. 

“A partir de hoje estão reunidas as condições para lançar uma nova dimensão do Terceira Tech Island, com um conjunto de instalações que vão dar uma maior dimensão a este projeto de enorme sucesso”, reforçou o edil praiense, para quem, “depois de todo o processo longo e demorado realizado até agora, o repto fundamental é olhar para o futuro e potenciar da melhor forma estas infraestruturas e colocá-las novamente ao serviço da Praia da Vitória e dos praienses”.

GaCS/OG/GP-MPV/JP