Jornal da Praia

PUB

OUTONO VIVO 2018 ARRANCA SEXTA-FEIRA

Quarta, 24 de Outubro de 2018 em Cultura e Desporto 50 visualizações Partilhar

OUTONO VIVO 2018 ARRANCA SEXTA-FEIRA

Próxima sexta-feira, 20h30, arranca a edição 2018 do “Outono Vivo”, o “maior festival literário dos Açores”, com uma sessão de abertura oficial, onde marcará presença o Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, seguida da atuação do pianista André Gomes e da Orquestra AngraJazz.

“Com algumas novidades ainda por revelar”, o “Outono Vivo” 2018 volta a contar com a realização da “maior feira do livro dos Açores”, numa organização conjunta da Autarquia, através da Cooperativa Praia Cultural, em parceria com a empresa local “Papelaria 96”.

Segundo Carlos Armando Costa, Vice-presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, “ainda, esta semana, serão dados a conhecer novos nomes que vão marcar presença no ‘Outono Vivo’, respetivamente ao nível de apresentações de livros”, que não constavam do programa aquando da apresentação oficial do evento, no início do corrente mês.

Na próxima sexta-feira, dia 26 de outubro, iniciar-se-á então a edição deste ano daquele que já é conhecido como “o maior festival literário, feira do livro e um dos principais cartazes turísticos culturais dos Açores”, com a sessão de abertura oficial, marcada para as 20h30, no Auditório do Ramo Grande, iniciando-se com momento musical a cargo do pianista André Gomes, seguindo-se discurso de Tibério Dinis, Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória e atuação da Orquestra AngraJazz.

Entretanto, está previsto para as 20h00, a abertura da Feira do Livro e a inauguração da exposição “Hipérboles” onde serão expostos cartoons representativos dos mais conceituados escritores e poetas portugueses (entre eles, claro, Vitorino Nemésio), pela mão de um jovem de 23 anos, o cartoonista Pedro Lopes, no bar da Academia de Juventude e Artes da ilha Terceira (AJAIT). Na galeria da AJAIT será também inaugurada a exposição “Nuvens” de Carlota Monjardino que resulta de uma parceria estabelecida entre a Cooperativa Praia Cultural e o Instituto Açoriano de Cultura. No foyer do Auditório do Ramo Grande estará patente a exposição “Fragmentos de Conversas” levada a cabo pela Associação Salão Teatro Praiense.

Na feira do livro, registo para a grandeza dos números que confirmam a firmeza da afirmação de que esta “é a maior feira do livro dos Açores”: “vamos ter cerca de 50 mil livros, uma média de 20 mil títulos, de 30 grupos editoriais, destacando-se as estreias da editora Alfaguara e da Fundação Francisco Manuel dos Santos”, lembra Carlos Armando Costa.

O Vice-presidente da Câmara, com tutela sobre a área da cultura, aponta ainda que, segundo o responsável pela organização da Feira (a “Papelaria 96”), “este ano, os descontos dos livros que estarão à venda variam entre os 15 e os 35%”.

Na feira do livro destaque para a apresentação de inúmeros livros sobre diversas temáticas, mas o “Outono Vivo” 2018, com um orçamento de apenas 25 mil euros, vai disponibilizar a todos os presentes diversos espetáculos de teatro e música, cinema, exposições e um conjunto vasto de visitas de importantes nomes da literatura e artes às escolas do Concelho.

Uma das principais novidades desta edição, ainda segundo explicou Carlos Armando Costa, são as “conferências sobre temáticas de índole local e/ou regional”, destacando-se a conferência a ministrar pelo historiador Francisco Miguel Nogueira sobre a presença da “Base das Lajes e a influência social na população do Ramo Grande”; a “Origem das Cantigas ao Desafio e a sua Evolução”, pelo conceituado cantador e estudioso a sua arte José Eliseu; a “Origem e Evolução das Festas do Espírito Santo nos Açores”; ou, ainda, a alocução de Maduro Dias relativa à influência do sismo de 80 na sociedade da ilha Terceira.

Para além da Feira do Livro, dos espetáculos, das exposições e das apresentações literárias, decorrerá por restaurantes do concelho um Festival Gastronómico levado a cabo no âmbito do Outono Vivo 2018. Oportunamente a Cooperativa Praia Cultural comunicará quais os restaurantes aderentes.

O “Outono Vivo” 2018 decorre na cidade da Praia da Vitória, paredes meias entre o Auditório do Ramo Grande e a Academia de Juventude e Artes da ilha Terceira, entre os dias 26 de outubro e 11 de novembro, sendo, “cada vez mais, um espaço dedicado à cultura em forma de aprendizagem prática” com o objetivo de “fazer da cultura uma arte do quotidiano, de fazer do conhecimento uma causa e da partilha um momento único”, afirma Carlos Armando Costa.

GP-MPV/JP