Jornal da Praia

PUB

PRAIA DA VITÓRIA COM POLO TECNOLÓGICO DA MULTINACIONAL GLINTT

Segunda, 03 de Setembro de 2018 em No Concelho 120 visualizações Partilhar

PRAIA DA VITÓRIA COM POLO TECNOLÓGICO DA MULTINACIONAL GLINTT

“Há vida para além da redução da Base das Lajes”. Foi desta forma que o presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Tibério Dinis, definiu, esta segunda-feira, o momento de instalação da empresa GLINTT Açores (delegação açoriana da Multinacional GLINTT – Global Intelligent Technologies), no centro da cidade da Praia, no âmbito do projeto Terceira Tech Island.

“Desde novembro de 2012, aquando do anúncio do downsizing do efetivo norte-americano na Base das Lajes e da redução do incremento económico que a Base acrescentava à Praia da Vitória e à ilha Terceira, surgiram duas formas de encarar o desafio: lamentar constantemente e vociferar contra tudo e contra todos, como se todos fossem culpados, à exceção do pregador; ou dar um passo em frente e ambicionar algo de novo para a Praia da Vitória e para a ilha Terceira. Há vida para além da redução da Base das Lajes”, afirmou o autarca.

Partindo do princípio que “a economia do Concelho da Praia da Vitória não pode depender excessivamente de uma única infraestrutura, nem devemos fazer depender excessivamente os empregos locais, de um único empregador”, Tibério Dinis salientou que a instalação de mais esta empresa na Praia faz parte de “uma estratégia” que o Município, “em estreita proximidade com o Governo Regional”, tem vindo a desenvolver “comungando de uma visão ambiciosa para a Praia da Vitória e para a ilha Terceira”.

“O hub tecnológico Terceira Tech Island é um exemplo claro desta estratégia. Um projeto diferenciador e extremamente ambicioso, em que acreditamos, mas que, fundamentalmente, as dezenas de formandos da Academia do Código e as empresas associadas também acreditam”, disse.

Destacando que, para além desta inauguração, “há mais projetos a nascer na Praia da Vitória”, enumerando “o Centro Internacional de Investigação do Atlântico, o denominado Air Center, ou o Centro de Defesa do Atlântico, ou até mesmo a estratégia para o futuro da Baía da Praia da Vitória com incidência no trânsito de mercadorias e no tráfego de passageiros e fins turísticos”, Tibério Dinis disse tratarem-se de “projetos inovadores e fora da caixa, naturalmente, com fases de crescimento e maturação diferentes, mas que sem sombra de dúvida trarão um impacto socioeconómico decisivo no futuro da Praia da Vitória.

“Com esta visão de futuro e energia renovada a cada dia estamos ao serviço da Praia da Vitória e ao serviço dos Açores”, sublinhou o Presidente da edilidade que deu “as boas vindas” ao novo investimento que se instala no centro da cidade, “desejando os maiores sucessos” e afirmando que “a Câmara Municipal é e será sempre um parceiro disponível para os vossos projetos”.

GLINTT

Na cerimónia marcou presença o Presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro, entre outros membros do executivo açoriano, administradores da SDEA (Sociedade de Desenvolvimento Empresarial dos Açores) e o Presidente da Comissão Executiva e CEO da GLINTT, Nuno Vasco Lopes.

A instalação da recém-criada empresa GLINTT Açores, em plena Rua de Jesus (onde em tempos funcionou uma das lojas âncoras da cidade, a Casa Vitória) surge no âmbito do projeto Terceira Tech Island, o que, segundo o Presidente do Governo Regional dos Açores, significa a concretização do Plano de Revitalização Económica da Ilha Terceira.

A GLINTT – Global Intelligent Technologies é uma multinacional de tecnologia e consultoria, cotada na Euronext, com um volume de negócios, em 2017, de 71 milhões de euros, com mais de 1050 colaboradores que operam em 6 países: Portugal, Espanha, Angola, Brasil, Reino Unido e Irlanda. Com mais de 20 anos de experiência, a Glintt é uma empresa líder em consultoria e serviços tecnológicos na Saúde, sendo as suas soluções utilizadas em mais de 200 hospitais e clínicas e em 14.000 farmácias na Península Ibérica, segundo o CEO da empresa, Nuno Vasco Lopes.

GP-MPV/JP