Jornal da Praia

PUB

JORNAL DA PRAIA APOIA LANÇAMENTO DE LIVRO DE PSICOLOGIA DA SAÚDE

Sábado, 28 de Julho de 2018 em Cultura e Desporto 97 visualizações Partilhar

JORNAL DA PRAIA APOIA LANÇAMENTO DE LIVRO DE PSICOLOGIA DA SAÚDE

Cerca de 4 dezenas de pessoas assistiram esta sexta-feira, 27 de julho, no Salão Nobre da Santa Casa da Misericórdia da Praia da Vitória, à apresentação do Livro “O Cantinho do Psicólogo: Cento e Vinte e Sete no Cravo” de Aurélio Pamplona, editado com o apoio do “Jornal da Praia”, único órgão de imprensa escrita do concelho praiense e lançado há mais de 36 anos pela associação cultural sem fins lucrativos “Grupo de Amigos da Praia”.

Na qualidade do moderador, Cota Moniz, presidente da Assembleia Geral da Associação Cultural “Grupo de Amigos da Praia”, abriu a sessão afirmando que o “Jornal da Praia” não poderia ficar indiferente ao repto lançado pelo autor e foi com a mesma convicção de sempre que reuniu esforços para apoiar o lançamento deste livro, que compila os primeiros 127 artigos que viram a luz do dia nas páginas de um quinzenário que nasceu pela Praia e pela suas gentes, nas mais diversas dimensões: políticas, económicas, sociais e obviamente, culturais e, assim, “disse presente a um praiense como sempre dirá presente a esta Praia que a cada edição estampa”.

Continuou fazendo uma breve biografia do autor e do apresentador da obra, João Lemos, a quem sem mais delongas honrosamente passou a palavra.

João Lemos, coordenador da Unidade de Psicologia do Hospital Santo Espírito da Ilha Terceira, E.P.E., começou por elogiar as capacidades literárias do colega e a forma simples, mas nem por isso menos rigorosa cientificamente, como apresenta um conjunto de conceitos, problemáticas e atitudes de enorme complexidade, numa linguagem acessível ao comum dos cidadãos, numa obra que qualificou destinada ao público em geral num contributo que nos permite compreender que são os comportamentos de cada um de nós nas reações perante as contrariedades que determina o nosso bem estar e do mundo que nos rodeia.

Identificando-se com o pensamento do autor, destacou a autoridade dos pais, plasmada no capítulo primeiro, como determinante na construção da consciência dos filhos e, por conseguinte, advém dela novas gerações mais responsáveis, respeitadoras e felizes. Na qualidade de experiente profissional da área, refutou alguns conceitos académicos, nomeadamente “o não” dirigido às crianças”.

Referindo-se ao capítulo oitavo, falou de “stress” no qual em sintonia com o autor caracterizou-o como uma incapacidade iminentemente individual de superação das amarguras de um quotidiano que sendo programada de certezas por vezes nos surpreende com o inesperado. “O desemprego, a morte de um ente querido, a doença de quem nos rodeia, quando muito são os fatores de ‘stress’, mas na verdade o ‘stress’ é a nossa dificuldade de lidar com todas estas adversidade”, evidenciou.

Concluiu apresentado o sono como estado determinante para uma vida plena quando acordados, conforme aludido no capítulo décimo da obra que apresentava.

Por fim, Aurélio Pamplona, visivelmente emocionado, tomou a palavra para agradecer a todos os presentes, recusando-se nomear as entidades oficiais, para não ferir suscetibilidades ao ser traído pelo “nervosismo” próprio de quem materializa um projeto há muito sonhado, mas só agora concretizado “graças ao apoio do Jornal da Praia”. Terminou anunciando que pretende lançar um segundo livro, para o qual já anda a “matutar” o título.

“O Cantinho do Psicólogo” é uma rubrica de psicologia da saúde que presentemente vai no número 191, intitulado “A Vida É Bela”, como é efetivamente belo ver um quase octogenário fazer projetos de futuro.

JP – Online