Jornal da Praia

PUB

CMPV VAI IMPLEMENTAR ATÉ AO FINAL DO ANO PROJETO DE INTERESSE MUNICIPAL

Segunda, 09 de Julho de 2018 em No Concelho 66 visualizações Partilhar

CMPV VAI IMPLEMENTAR ATÉ AO FINAL DO ANO PROJETO DE INTERESSE MUNICIPAL

No âmbito da sessão de abertura do I Encontro Intercalar de Investidores da Diáspora, que decorreu na sexta-feira,06, na Academia de Juventude e das Artes da Ilha Terceira, o Presidente da Câmara Municipal, Tibério Dinis, avançou que a autarquia praiense irá, até final deste ano, criar o Projeto de Interesse Municipal, com o intuito de reforçar a atratividade do Concelho na captação de investimento externo. O projeto integra medidas que envolvem benefícios fiscais, agilização burocrática e flexibilização de taxas praticadas pelo Município.

Para além deste projeto, a Câmara Municipal da Praia da Vitória (CMPV) pretende criar o programa intitulado "Investir na Praia da Vitória", que visa beneficiar os investimentos realizados no Concelho a nível imobiliário, no sentido de rentabilizar os também as diversas vertentes associadas ao sector turístico, nomeadamente, nos hostels, hotéis, alojamento local e outras ações direcionadas à dinamização do económica da Cidade.

"O Município da Praia da Vitória entende que é necessário apostar nas potencialidades locais, tornando-as mais atrativas do ponto de vista do investimento externo. Neste sentido, iremos criar até ao final do ano o Projeto de Interesse Municipal, uma ferramenta essencial para introduzir estímulos à economia e incentivar o crescimento económico. Pretendemos atribuir benefícios municipais a projetos estruturantes de investimento que se instalem no Concelho, auxiliando desta forma o desenvolvimento empresarial e a criação de mais oportunidades de emprego. O Projeto surge na ótica da atração e captação de investimento”, salientou o responsável municipal.

"A implementação de programas de dinâmica e iniciativa para a Cidade da Praia da Vitória, será uma prioridade para a CMPV. Na ótica de aplicação dos bons exemplos regionais, como é o caso dos projetos de interesse regional, desenvolvidos pelo Governo dos Açores, a CMPV irá, no âmbito do Projeto de Interesse Municipal, aplicar um conjunto de benefícios fiscais, de agilização burocrática, assim como, a flexibilização e isenção de taxas aplicadas pelo Município, para certos investimentos que proporcionem a criação de emprego. Uma maior atratividade da Praia da Vitória, será um importante contributo para a uma Região única para visitar, investir ou viver”, disse o autarca.

"Pretendemos, também, realizar uma aposta concreta na vertente turística, pois é inegável o seu crescimento nos últimos anos nos Açores. O programa "Investir na Praia da Vitória", em funcionamento também até final do ano, aposta nos benefícios ficais ao nível do imobiliário, a fim de rentabilizar os diferentes espaços dedicados ao alojamento de quem escolhe a Praia da Vitória para residir", referiu.

"A Praia da Vitória pretende ser, durante estes três dias, um centro de captação de investimento, pois é reconhecida a sua posição geoestratégica. Nunca é de mais referir que o nosso objetivo passa, também, pela proximidade com as nossas comunidades residentes na diáspora e por estabelecer novas relações institucionais e económicas com outras localizadas em diversas partes do mundo, hoje aqui presentes", adiantou.

Na ocasião, o edil praiense reforçou a importância das visitas realizadas anualmente às comunidades da diáspora no âmbito da promoção económica, em parceria com a vertente social e cultural.

"A Autarquia praiense visita as comunidades da diáspora anualmente e reforça a sua estratégia de valorização das potencialidades locais. As mesmas, para além da promoção cultural e social, têm de envolver a vertente económica. Temos uma diáspora da Praia da Vitória que tem uma forte ligação com a terra onde nasceu. Neste sentido, queremos potenciar um conjunto de investidores que olham a Cidade e a Região como um local adequado e atrativo ao investimento", explicou.

"A presença aqui, hoje, de investidores de onze países reflete a dimensão deste evento, demonstrando a atratividade e capacidade dos Açores. Estão reunidas as condições para uma promoção e valorização das nossas oportunidades económicas", disse.

O autarca reforçou também o contributo do Governo dos Açores, especialmente, da Vice-presidência do Governo, e da Secretaria de Estado das Comunidades pela aposta na atratividade económica e na proximidade e valorização das comunidades açorianas da diáspora.

"Na ótica da captação de investimento e promoção da atratividade económica, o Governo dos Açores, tem desenvolvido um trabalho profícuo na promoção de incentivos ao investimento na Região Autónoma dos Açores. A valorização do contributo que, os investidores da diáspora têm para o desenvolvimento económico da Região, é de reconhecida importância e deve ser devidamente valorizado. A par desta vertente, nunca é demais reforçarmos as questões culturais e do domínio da língua portuguesa. Esta proximidade é importante na manutenção das ligações com as gerações futuras, na qual, a Secretaria de Estado das Comunidades, tem desempenhado um papel fundamental e reconhecido", concluiu.

GP-MPV/JP