Jornal da Praia

PUB

PRAIENSE CAMPEÃO DA III DIVISÃO NACIONAL - SÉRIE AÇORES

Domingo, 24 de Março de 2013 em Cultura e Desporto 888 visualizações Partilhar

PRAIENSE CAMPEÃO DA III DIVISÃO NACIONAL - SÉRIE AÇORES

PRAIENSE CAMPEÃO DA III DIVISÃO - SÉRIE AÇORES

O Praiense sagrou-se o último campeão regional da III divisão nacional (série Açores), depois de vencer o Angrense, por 1-0. O frio que se fez sentir no campo municipal da Praia da Vitória não impediu os adeptos de responderem à chamada da equipa da casa para o Clássico.
O golo da vitória foi da autoria de Ricardo Costa (Ricky Balboa), dispensado antes do arranque da presente época pelo Angrense, através de livre.
Nas bancadas, os adeptos da Praia estavam em clima de Vitória, ansiosos pelo apito final, o que aconteceu. A subida de divisão estava assegurada, mas notava-se uma apreensão por parte dos jogadores de Manuel da Costa...
Havia sido ganho o jogo, mas o verdadeiro objectivo era o campeonato.
Após o seu jogo, os atletas do Praiense agruparam-se no meio do campo a aguardar o resultado do jogo que decorria em São Miguel, entre o Sporting Ideal e o CD Rabo de Peixe, assim como os adeptos da Praia estava ansiosamente à espera em pé nas bancadas; Entretanto, no meio dos adeptos, ouve-se uma voz que diz: - Já acabou, eles empataram, somos campeões! Explodiu um clima de alegria no estádio, os encarnados da Praia haviam conquistado o campeonato!
A união de toda a massa que constitui o Sport Clube Praiense deu frutos, sobretudo por uma equipa constituída, em boa parte, por jogadores da terra.
Manuela da Costa (Chalana), tem bons motivos para estar contente com a sua tripulação, sendo de louvar a motivação que o Comandante injecta na sua equipa, não só em termos técnicos, mas acima de tudo em termos psicológicos. Manuela da Costa é, de facto, o melhor treinador dos Açores, quer pela sua humildade, quer pela sua perseverança.
Os restantes jogos deverão, em princípio, dar oportunidade àqueles que foram menos usados durante o campeonato.
Complete-se o calendário da III Divisão e que venha a demanda da II Divisão.
O Praiense e o Angrense demonstraram Fair Play acima de tudo, pois entre a vitória e a derrota, há princípios que nunca devem ser corroídos, provando que o futebol terceirense é um jogo de (e entre) senhores.
No entanto, futebol espetáculo é na Praia da Vitória.


Texto: Luís Vieira Leal
Foto: Fausto Costa/Fotaçor/Foto Íris