Jornal da Praia

PUB

TERCEIRA TECH ISLAND: GOVERNO DOS AÇORES REFORÇA FORMAÇÃO EM PROGRAMAÇÃO INFORMÁTICA

Quinta, 08 de Fevereiro de 2018 em Atualidade 353 visualizações Partilhar

TERCEIRA TECH ISLAND: GOVERNO DOS AÇORES REFORÇA FORMAÇÃO EM PROGRAMAÇÃO INFORMÁTICA

O Vice-Presidente do Governo anunciou hoje que o Executivo açoriano vai reforçar a aposta no apoio à formação intensiva na área da programação, pretendendo abranger no curto prazo mais de uma centena de formandos, no âmbito do projeto ‘Terceira Tech Island’, que contempla a instalação de empresas na Praia da Vitória.

“É fundamental formar recursos humanos na ilha para que possam ser programadores e essa formação, como está provado, não é compatível com o modelo tradicional”, afirmou Sérgio Ávila, que falava no último dia do primeiro curso de programação da Academia de Código nos Açores.

O governante salientou que estes cursos, sendo intensivos e “bastante exigentes”, são certificados pelas empresas que procuram estes recursos humanos numa área em que se estima faltarem no mercado, a nível nacional, cerca de 50 mil programadores, considerando ainda que a existência de programadores locais com formação especifica é decisiva e determinante para a captação e instalação de empresas nesta área.

"O sucesso desta aposta é comprovado pelo facto de que já tivemos um conjunto de empresas internacionais e nacionais– que esperamos que se instalem cá -, a contactar e avaliar os primeiros 20 formandos que concluem hoje a sua formação”, frisou Sérgio Ávila, numa referência aos “pioneiros” deste projeto.

O próximo curso inicia-se em abril, com mais 40 formandos, salientando o Vice-Presidente que se pretende “apoiar a abertura do máximo de cursos possíveis, de acordo com a procura do mercado e a disponibilidade de formandos com os requisitos para vencer este desafio”.

Nesse sentido, o titular da pasta do Emprego e da Competitividade Empresarial, revelou que o Governo dos Açores vai criar o ‘Vale Formação Terceira Tech Islans’.

O projeto ‘Terceira Tech Island’ foi criado no âmbito do PREIT – Plano de Recuperação e Vitalização Económica da Ilha Terceira para potenciar as vantagens competitivas que a ilha e a Região podem oferecer no desenvolvimento das tecnologias de informação, através da formação intensiva de quadros em programação e da criação de condições para atrair investimento privado neste setor.

No âmbito deste projeto, o Governo dos Açores decidiu criar seis condições essenciais para atrair empresas, designadamente ao nível fiscal, do sistema de incentivos, da disponibilização de instalações para as empresas com a reconversão do complexo escolar e dos bairros adjacentes, nas Lajes, do alojamento para quadros deslocados, da formação de programadores juniores e da captação de programadores seniores.

O primeiro curso em programação promovido pelo Governo Regional nos Açores em parceria com a 'startup' nacional Academia de Código teve a duração de 14 semanas, tendo os candidatos sido apurados através de um rigoroso processo de seleção a cargo da equipa pedagógica da Academia de Código.

GaCS/VPGECE/JP