Jornal da Praia

PUB

GOVERNO DOS AÇORES QUER RESULTADOS PRÁTICOS NA DESCONTAMINAÇÃO DA BASE DAS LAJES

Quinta, 08 de Fevereiro de 2018 em Atualidade 168 visualizações Partilhar

GOVERNO DOS AÇORES QUER RESULTADOS PRÁTICOS NA DESCONTAMINAÇÃO DA BASE DAS LAJES

O Secretário Regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares afirmou hoje, na Comissão de Assuntos Parlamentares, Ambiente e Trabalho da Assembleia Legislativa, que é “fundamental consolidar uma nova fase no processo de descontaminação de solos e aquíferos da Praia da Vitória”.

Berto Messias reconheceu que, no que se refere à descontaminação de solos e aquíferos naquele concelho da ilha Terceira, é “preciso fazer mais”, lembrando que esta é uma questão que tem sido tratada pelo Governo dos Açores ao mais alto nível, com o “empenho permanente e constante do próprio Presidente do Governo Regional”.

Para o Secretário Regional, é “fundamental que a relação com os EUA se traduza em resultados práticos”, nomeadamente ao “nível de medidas concretas e visíveis de monitorização e de efetiva descontaminação, onde está comprovada e noutros onde venha a estar, no reforço dos mecanismos de informação e transparência públicas quanto ao que está a ser feito, segundo critérios técnicos e científicos”.

Berto Messias reiterou que o Governo dos Açores já assumiu uma forte posição na última reunião da Comissão Bilateral Permanente entre o Estado português e a Administração norte-americana, exigindo “um calendário realizável, para que haja evoluções visíveis e notórias”.

O Secretário Regional apelou aos deputados da Comissão de Assuntos Parlamentares, Ambiente e Trabalho para que continue a haver “vigilância e união na defesa dos interesses da Praia da Vitória e dos Açores”.

Berto Messias assegurou que o Governo dos Açores “continuará a ter uma postura de transparência e de partilha de informação com o Parlamento, como a que tem sido assumida pelo Presidente do Governo, informando periodicamente os vários partidos políticos e promovendo reuniões com a Comissão Parlamentar competente nestas matérias”.

“Na última Comissão Bilateral Permanente, decorrida em Lisboa, o Presidente do Governo dos Açores pediu evoluções nesta matéria, num prazo [então] de seis meses ou até à realização da próxima Comissão Bilateral”, frisou.

“É neste processo que o Governo Regional se mantém empenhado e é no quadro da relação entre o Estado Português e o Governo dos Estados Unidos que se deve manter esta matéria, sempre com atenção redobrada”, afirmou Berto Messias.

GaCS/TM/JP