Jornal da Praia

PUB

CÂMARA DA PRAIA DESENVOLVE “PRESIDÊNCIA ABERTA” NAS FREGUESIAS DO CONCELHO

Sexta, 26 de Janeiro de 2018 em No Concelho 64 visualizações Partilhar

CÂMARA DA PRAIA DESENVOLVE “PRESIDÊNCIA ABERTA” NAS FREGUESIAS DO CONCELHO

No âmbito da iniciativa “Presidência Aberta às Freguesias do Concelho”, o Executivo Municipal irá realizar um conjunto de visitas às diversas Freguesias e Vila do concelho da Praia da Vitória. Esta ação, que terá início na freguesia da Agualva, no próximo dia 29, visa o reforço da proximidade entre a autarquia e a comunidade bem como a análise das problemáticas existentes a nível local.

Durante a visita, o Presidente da Câmara e os vereadores com competência delegada, realizarão audiências a munícipes, pelas 14h00, seguindo-se uma reunião com o Órgão Executivo da Freguesia, às 17h00. O dia termina com a reunião ordinária pública mensal da Câmara Municipal, agendada para as 18h00. Toda a agenda decorrerá na Casa do Povo da Agualva.

O presidente da Câmara e os vereadores com competência delegada, visitarão as restantes freguesias a partir de fevereiro. Estas visitas, que decorrerão no dia da reunião ordinária pública mensal do Município, serão efetuadas por ordem alfabética. Neste sentido, seguem-se as freguesias de Biscoitos, Cabo da Praia, Fonte do Bastardo, Fontinhas, Porto Martins, Quatro Ribeiras, Santa Cruz, São Brás, Vila das Lajes, e Vila Nova.

“Através desta iniciativa, reforçaremos a nossa proximidade com os munícipes, dando desígnio a uma das prioridades deste executivo. Creio que é extremamente importante haver este contacto mais direto, pois assim conseguiremos dar resposta às necessidades e aos anseios da população de forma mais célere e eficiente”, realçou Tibério Dinis, presidente da edilidade praiense.

“É fundamental aprofundar o conhecimento das especificidades das freguesias para definirmos quais as necessidades, das intervenções e projetos a concretizar em cada uma delas, durante o próximo quadriénio. Só assim poderemos promover o crescimento destes locais e, consequentemente, contribuir para o desenvolvimento harmónico do Concelho”, explicou.

“Temos de incentivar e promover condições nas nossas freguesias, a fim de incentivar a fixação da população nestes locais. Deste modo, continuaremos a apostar em medidas que contribuam para a dinamização e desenvolvimento rurais, evidenciando a sua importância nas componentes económica e social”, acrescentou.

GP-MPV/JP