Jornal da Praia

PUB

PREVISÃO DO AGRAVAMENTO DO ESTADO DO TEMPO NO GRUPO OCIDENTAL E CENTRAL DETERMINA EMISSÃO DE AVISO AMARELO

Terça, 09 de Janeiro de 2018 em Atualidade 183 visualizações Partilhar

PREVISÃO DO AGRAVAMENTO DO ESTADO DO TEMPO NO GRUPO OCIDENTAL E CENTRAL DETERMINA EMISSÃO DE AVISO AMARELO

Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) informa que, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), uma superfície frontal fria com atividade moderada a forte deverá provocar um agravamento do estado do tempo nas ilhas dos grupos Ocidental e Central.

Assim, emite-se:

Grupo Ocidental
Aviso AMARELO referente a: AGITAÇÃO MARÍTIMA – No período entre as 15H00 de quinta-feira, 11 de janeiro, e as 18H00 de sexta-feira, 12 de janeiro. Ondas de oeste, passando a sudoeste.
Aviso AMARELO referente a: PRECIPITAÇÃO – No período entre as 21H00 de hoje e as 12H00 de quinta-feira, 11 de janeiro. Precipitação pontualmente forte.
Aviso AMARELO referente a: VENTO - Rajada Máxima – No período entre as 07H00 e as 20H00 de quinta-feira, 11 de janeiro. Rajada máxima. Direção de sudoeste, rodando para oeste.

Grupo Central
Aviso AMARELO referente a: PRECIPITAÇÃO – No período entre as 00H00 e as 18H00 de quinta-feira, 11 de janeiro. Precipitação pontualmente forte.
Aviso AMARELO referente a: VENTO - Rajada Máxima – No período entre as 10H00 e as 20H00 de quinta-feira, 11 de janeiro. Rajada máxima. Direção de sudoeste, rodando para oeste.

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores recomenda que sejam tomadas, entre outras, as seguintes medidas de autoproteção:

Mantenha limpos os seus sistemas de drenagem, bem como os adjacentes à sua residência, alerte as autoridades competentes;

Não circule sem necessidade. Pode atrapalhar a circulação das forças de segurança ou cair em buracos ocultados por lençóis de água;

Em locais não pavimentados, as águas podem causar erosão dos solos, levando à queda de muros, taludes, postes, entre outros;

Consolide telhados, portas e janelas;

Corte ou pode as árvores próximas em risco de queda, procure informação na sua autarquia;

Guarde os objetos soltos do jardim. Um objeto, mesmo que o considere leve, projetado pelo vento forte pode causar grandes prejuízos materiais e até acidentes pessoais graves;

Feche bem as janelas e persianas;

Reforce as amarrações da sua embarcação ou mude-a para local seguro;

Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas. Afaste-se de áreas baixas junto à costa;

Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos ou passeios à beira mar;

Estar atento às indicações da Proteção Civil e das Forças de Segurança.

GaCS/SRPCBA/JP