Jornal da Praia

PUB

SALUTAR CONVÍVIO E ESPÍRITO DE UNIÃO

Segunda, 11 de Dezembro de 2017 em No Concelho 517 visualizações Partilhar

SALUTAR CONVÍVIO E ESPÍRITO DE UNIÃO

O grupo de veteranos do Sport Club Praiense realizou no passado sábado, 09 de dezembro, na Sociedade Recreativa e Filarmónica União de São Brás, o tradicional “Jantar de Natal”, com a participação de quase todos os elementos do grupo, pois foram poucos, os que impossibilidades por razões pessoais e/ou profissionais não puderam estar presentes, como certamente desejariam.

Os veteranos do SC Praiense são um grupo constituído por cerca de 20 antigos jogadores de futebol, que apesar de algumas primaveras, recusam-se a arrumar as “chuteiras”, numa saudável teimosia de praticar desporto regularmente. Nesse sentido, participam habitualmente em diversas competições da categoria, jogando com equipas congéneres da ilha, arquipélago e até mesmo do continente português. Embora atualmente ao invés de outrora, o mais importante seja mesmo o fraterno convívio entre todos e não tanto a componente competitiva, estes veteranos, não deixam as suas participações nas mãos do acaso, e tão regularmente quanto possível realizam treinos preparatórios. Pois todos sabemos, que por mais desportista que possamos ser, a cara do vencedor é sempre diferente da cara do vencido.

Partilhando em comum uma enorme paixão pelo futebol, frequentemente envolvem-se em prolongadas e acesas discussões, que desafiando a razão sobressai o clubismo que os alimenta o coração. Mas no final, o que verdadeiramente conta e transparece é um grande espírito de união, na qual as divisões clubísticas, são simples pretextos para conversas animadas e descontraídas que sedimentam longas amizades construídas nos diversos palcos da vida.

Sendo o Natal no final do ano, é com naturalidade que aproveitam para em assembleia, fazerem um balanço das atividades desenvolvidas durante os últimos meses e também perspetivar projetos e objetivos para mais um ano que se aproxima.

JP sabe, que este Natal à semelhança de tantos outros no passado, a suas próprias expensas, o grupo prepara-se para na véspera do dia de Natal (24 de dezembro), entregar a um ex-jogador um Cabaz de Natal, que por vicissitudes diversas se encontra mais necessitado, num gesto, que espelha toda a dimensão humanista deste punhado de homens.

No final cada um ruma a sua casa, com desejos de boas festas e a promessa de não faltar ao próximo treino.

JP – Online | Foto: Rui Sousa