Jornal da Praia

PUB

70.º Aniversário do SCP

Quinta, 07 de Dezembro de 2017 em Editorial 334 visualizações Partilhar

70.º Aniversário do SCP

No mês de Novembro de 2017, não podemos deixar de destacar uma importante notícia para a nossa terra, o 70º. Aniversário do Sport Clube Praiense, acontecimento excepcional na cidade da Praia da Vitória, que orgulha todos os praienses de gema.

O Sport Clube Praiense, Associação Desportiva e Recreativa, foi fundado no dia 14 de Novembro de 1947, e desde cedo se tornou um clube desportivo com grande impacto no desporto, não só desta ilha, mas também dos Açores, nomeadamente na modalidade de futebol.

Na idade média já os italianos praticavam um desporto “cálcio”, muito parecido com o actual futebol, mas foi na Inglaterra, no século XVII, que os Ingleses adaptaram o cálcio originando o futebol moderno que se espalhou pelo mundo com a rapidez alucinante, tornando-se facilmente na grande paixão das populações, contagiando-as de forma impressionante e por vezes carregada de um misticismo inexplicável, electrizando e unindo as pessoas à volta dos seus grémios desportivos, e assim também aconteceu na Praia da Vitória com o surgimento do glorioso Sport Clube Praiense, vulgarmente conhecido pelos Vermelhos da Praia.

Os Vermelhos da Praia, apesar das suas vicissitudes ao longo dos tempos, na defesa e promoção do desporto nestas paragens, não só para com os seus associados, mas para com todas as pessoas que queiram praticar desporto, teve o mérito e a excelência de se destacar de forma positiva entre os demais clubes desportivos, incluindo os seus mais directos rivais, o que é demonstrado de forma inegável através do seu invejável palmarés desportivo de grande vulto.

No principio dos anos 70 do século passado, o glorioso emblema da cidade capital do Ramo Grande, os Encarnados da Praia venceram todas as provas a nível Açores, tendo assim se consagrado Bicampeão e Tricampeão Açorianos, a chamada época de Ouro.

Na verdade, as importantes vitórias alcançadas de forma impar por este clube, por muitas vezes não se repetiram, não porque na altura não existia um apito dourado ou encarnado, mas imperava o lobby lusitanista, sedeado em Angra do Heroísmo, tendo assim o apito verde vergonhosamente contribuído para falsear a verdade dos resultados, influenciando por vezes as arbitragens, e numa época em que não se faziam registos de imagens televisivas dos jogos, prejudicando o Sport Clube Praiense e os seus associados, recorde-se que estas injustiças desportivas ainda perduram na memória dos associados mais idosos deste grande clube desportivo.

O Sport Clube Praiense é, foi, e será sempre um glorioso clube, com uma massa associativa muito fiel, que sempre apoiou o clube não só nos momentos gloriosos, mas também nas situações difíceis que por vezes surgem, tornando-se um farol do desporto na nossa região.

Aos órgãos directivos, aos atletas e à massa associativa, o Jornal da Praia dá sinceros parabéns por este aniversário, e deseja os maiores sucessos desportivos e felicidades incalculáveis no trabalho a desenvolver em prol do desporto da nossa terra.

O Diretor
Sebastião Lima
diretor@jornaldapraia.com