Jornal da Praia

PUB

ENCERRAMENTO DA ONDA CULTURAL DO CABO DA PRAIA

Quinta, 30 de Novembro de 2017 em No Concelho 37 visualizações Partilhar

ENCERRAMENTO DA ONDA CULTURAL DO CABO DA PRAIA

A freguesia do Cabo da Praia assume-se como uma das freguesias mais importantes do concelho da Praia da Vitória, uma vez que alberga o porto comercial e a zona industrial, tendo também uma importante componente cultural pelos eventos que acolhe e por constituir o berço de ilustres figuras ligadas à cultura terceirense. A ideia foi transmitida pelo vereador da Cultura da autarquia praiense, Carlos Armando Costa, no âmbito do encerramento da Onda Cultural do Cabo da Praia, que decorreu no passado sábado, 25, na Casa do Povo.

“O Cabo da Praia distingue-se por ser um polo dinamizador da economia do concelho da Praia da Vitória, tendo em conta a presença do porto comercial e da zona industrial, que podem ser considerados motores de crescimento económico”, referiu o autarca.

“Esta freguesia também se faz notar pela forte aposta na manutenção das tradições que nos definem enquanto povo terceirense. Neste local, encontramos maestros, grandes músicos e até fantásticos atores, que todos os anos nos deleitam com as suas representações, fazendo com que o nosso Carnaval, que é tão singular, não se perca. Trata-se de uma freguesia que honra a nossa identidade cultural”, salientou.

“Não podemos esquecer-nos também que esta freguesia possui uma das mais aprazíveis zonas balneares do Concelho, a Praia da Riviera, sendo um importante local de veraneio, assim como a zona costeira de Santa Catarina, que constitui um atrativo turístico para todos os amantes dos desportos náuticos”, acrescentou.

Na ocasião, o edil praiense fez referência ao novo quadriénio que se iniciou recentemente na Autarquia, frisando a sua disponibilidade para cooperar com as diversas pessoas e coletividades do Concelho.

“Acredito nas vantagens do trabalho em equipa e pretendo colaborar com todas as pessoas e instituições que estejam dispostas a esforçar-se em prol do desenvolvimento da Praia da Vitória, a fim de assegurarmos um futuro melhor para este Concelho”, enfatizou.

Mónica Brum, presidente da Junta de Freguesia do Cabo da Praia, fez um balanço positivo do evento, destacando as mais-valias da concretização do mesmo.

“A realização da Onda Cultural veio dinamizar a freguesia, unindo as nossas gentes e valorizando as tradições. Mais um ano se passou e uma vez mais demonstrámos aquilo que somos capazes de fazer e o que de melhor o Cabo da Praia tem para oferecer. Espero que o Município continue a apostar na promoção das potencialidades dos meios rurais, porque nós vamos continuar a trabalhar com afinco para trazermos atividades de índole cultural à nossa freguesia”, realçou.

A Onda Cultural do Cabo da Praia, realizada de 22 a 25 de novembro, enquadra-se na estratégia municipal de descentralização cultural e valorização dos meios rurais.

GP-MPV/JP