Jornal da Praia

PUB

NOVO NÚMERO DA REVISTA “ALTÂNTIDA” APRESENTADO NO OUTONO VIVO

Sexta, 10 de Novembro de 2017 em Cultura e Desporto 27 visualizações Partilhar

NOVO NÚMERO DA REVISTA “ALTÂNTIDA” APRESENTADO NO OUTONO VIVO

Acaba de sair mais um número da Atlântida - Revista de Cultura, o vol. LXII, referente ao ano de 2017.

O Instituto Açoriano de Cultura (IAC) fará a apresentação deste número no dia 12 de novembro, pelas 15h00, no Bar da Academia de Juventude e das Artes da Ilha Terceira (AJAIT), no âmbito do Festival Literário “Praia Outono Vivo 2017”, na Praia da Vitória.

A apresentação estará a cargo de Ermelindo Peixoto (Professor Catedrático da Universidade dos Açores), para abordar o precioso conjunto de estudos inéditos sobre a “A Aviação Civil Açoriana e Portuguesa” que compõem o dossiê "Asas sobre o Atlântico" incluído neste número. Dossiê que, recorde-se, começou a ser publicado em 2014.

Atlântida - Revista de Cultura conta, como de costume, com cinco secções temáticas: Estudos e Criação Artística; Estudos e Criação Literária; Ciências Humanas; Dossiê Temático Asas Sobre o Atlântico e Outros Saberes.

Luís Godinho associou-se com a sua obra à conceção imagética da revista, sendo deste reconhecido fotógrafo as imagens da capa, contracapa e separadores interiores.

O vol. LXII contém textos da autoria de Alfredo Caldeira; Ana Azevedo; António Pedro Lopes; Carlos Riley; Carolina Grau; Duarte Rosa; Ermelindo Peixoto; Filipe Leite; Hélder Fonseca Mendes; João Bosco Mota Amaral; José Adriano Ávila; José Guilherme Reis Leite; José Manuel Correia; José Vilhena e Paulo Noia Pereira; LEANDRO; Luís Filipe Silveira; Luís Vieira de Andrade; Maria Gabriela Castro; Maria José Cavaco; Nuno Ornelas Martins; Paulo Linhares Dias; Paulo M. J. Barcelos; Ricardo Madruga da Costa; Rosa Varela Gomes, Tânia Casimiro e José Luís Neto; Sara Leal; Sónia Bettencourt; Urbano Bettencourt; Vamberto Freitas; Vasco Rosa.

Avessa a escolas ou a qualquer proselitismo de índole política, ideológica ou religiosa, a Atlântida - Revista de Cultura orienta-se apenas por critérios de qualidade científica, literária e artística, no respeito pela pluralidade de pontos de vista e pela tolerância.

IAC/JP