Jornal da Praia

PUB

CONGRESSO MUNDIAL DAS ACADEMIAS DE BACALHAU TRAZ À TERCEIRA MAIS DE TRÊS CENTENAS E MEIA DE PESSOAS

Segunda, 09 de Outubro de 2017 em Atualidade 37 visualizações Partilhar

CONGRESSO MUNDIAL DAS ACADEMIAS DE BACALHAU TRAZ À TERCEIRA MAIS DE TRÊS CENTENAS E MEIA DE PESSOAS

Realiza-se, esta semana, entre os dias 12 e 15 de outubro, na ilha Terceira, o 46.º Congresso Mundial das Academias do Bacalhau, uma organização da direção da Academia do Bacalhau da ilha Terceira, presidida por Francisco Aquilino Pereira, e que vai trazer até ao arquipélago quase meio milhar de pessoas.

Das expetativas iniciais da organização (que apontavam trazer aos Açores entre 400 a 500 pessoas), registe-se a vinda de fora dos Açores de mais de três centenas e meia de congressistas, sendo de destacar as comitivas que viajam das Academias do Bacalhau de Paris, em França, e da cidade do Porto, no continente português.

O Congresso, segundo o programa oficial já definitivo, inicia-se na próxima quinta-feira, dia 12 de outubro, sendo que são esperados congressistas, que chegam à ilha em uma dezena de voos, provenientes dos dois lados do Atlântico.

No Mundo, atualmente, existem 58 Academias do Bacalhau, sendo os Congressos realizados de forma alternada na Europa, em África ou nas Américas. Do trabalho desenvolvido até agora, segundo Francisco Aquilino Pereira, estão confirmadas presenças dos EUA, Canadá, Venezuela, Brasil, Austrália, África do Sul, Angola, Moçambique, Namíbia, Suazilândia, França, Luxemburgo, Reino Unido, Bélgica, Região Autónoma da Madeira e, cerca de uma centena e meia, de Portugal Continental.

Do programa oficial, na quinta-feira, consta a receção aos congressistas, um cocktail de boas vindas (pelas 19h00, na Quinta da Nasce Água, com animação musical por João Pedro Soares e Susana Coelho) e um concerto pela Orquestra AngraJazz, no Teatro Angrense, pelas 22h00.

Já na sexta-feira, dia 13, logo pela manhã (8h30) inicia-se o IV Torneio de Golfe da Academia do Bacalhau da Ilha Terceira, ao mesmo tempo que para os congressistas que não participem no torneio se realizarão as primeiras visitas guiadas aos principais pontos turísticos da ilha. O almoço será servido na tenda junto à marina da Praia da Vitória, com animação musical pelo grupo Myrica Faya, seguindo a comitiva até ao Algar do Carvão, onde, pelas 17h00, assistirá, no único cone vulcânico visitável da Europa, a um concerta de Alla Lanova. Para a noite está reservado, na Quinta do Galo, onde jantar típico/função do Divino Espírito Santo, com atuação de cantoria pelos improvisadores José Eliseu e Mota. Mas o dia não está reservado apenas a passeio. Pelas 14h30, na Casa das Tias de Vitorino Nemésio, na cidade da Praia, reunirão os presidentes de todas as Academias do Bacalhau que se reunirão na Terceira.

Já no sábado, dia 14, pelas 9h30, iniciam-se os trabalhos propriamente ditos do 46.º Congresso Mundial, no Centro Cultural e de Congressos de Angra do Heroísmo, onde serão discutidas dezenas de moções apresentadas por todas as academias que viajam até aos Açores. Para os acompanhantes dos congressistas, a organização preparou um roteiro turístico “Angra a pé” que passará pelos principais pontos de interesse da cidade Património Mundial. Já à noite, os trabalhos já prosseguir num jantar de gala que se realizará no Clube de Golfe da Ilha Terceira, onde, entre outros, serão entregues os donativos angariados pela organização a várias instituições da ilha. Neste dia, destaque ainda para os momentos musicais que se realizarão no almoço e no jantar pelos grupos terceirenses Diáspora e Entre Parentes, respetivamente.

Por fim, o domingo, dia 15, último dia do Congresso Mundial que levará todos os congressistas a conhecer, logo de manhã, a Região Demarcada dos Biscoitos, na costa norte da ilha Terceira, seguindo-se, no Tentadero do Serviço Florestal, uma apresentação do Pónei da Terceira. Daí a comitiva segue para a Vila do Porto Judeu onde a organização preparou um “quinto toiro”, ou seja, uma mesa típica de tourada à corda, animação musical pela Sociedade Filarmónica Recreio Santa Isabel das Doze Ribeiras e assistir-se-á à última tourada à corda da temporada terceirense de 2017.

A organização assume que “este evento terá, segura e inequivocamente, um efeito catalisador na promoção e divulgação turística da Região”, até porque, dizem, “muitos dos participantes nos Congressos Mundiais das Academias do Bacalhau são opinion leaders e opinion makers, isto é, são pessoas que, ao regressarem aos seus países, terão à sua disposição os meios e a possibilidade de multiplicar o que viram e de darem a conhecer as sensações que recolheram da beleza natural, cultural e gastronómica da ilha Terceira e dos Açores”.

O Congresso Mundial é organizado pela Academia do Bacalhau da Ilha Terceira, com a colaboração e a envolvência das Câmaras Municipais de Angra do Heroísmo e Praia da Vitória, assim como de outras entidades públicas e privadas.

Este é o primeiro Congresso Mundial organizado pela Academia do Bacalhau da Ilha Terceira. No passado já houve um congresso organizado nos Açores pela congénere de São Miguel.

ABIT/JP