Jornal da Praia

PUB

ALEXANDRA MANES ACUSA PSD E CDS DE COLOCAREM RELAÇÕES COM EUA ACIMA DA SAÚDE DOS TERCEIRENSES

Quinta, 28 de Setembro de 2017 em No Concelho 48 visualizações Partilhar

ALEXANDRA MANES ACUSA PSD E CDS DE COLOCAREM RELAÇÕES COM EUA ACIMA DA SAÚDE DOS TERCEIRENSES

“Partidos da direita preferem pôr as relações diplomáticas entre Portugal e os EUA à frente da saúde dos terceirenses”, acusou hoje a candidata do Bloco de Esquerda à câmara municipal da Praia da Vitória, considerando que a contaminação provocada pela utilização militar da Base das Lajes pelos norte-americanos é um “crime ambiental”.

A candidata do Bloco acusa PSD e CDS de incoerência, porque o discurso dos seus candidatos autárquicos – que dizem querer defender os interesses dos praienses – não corresponde às votações dos deputados dos mesmos partidos na Assembleia da República.

“Na Assembleia da República, votam de uma maneira, mas os seus candidatos à Câmara Municipal dizem o contrário”, assinalou Alexandra Manes.

“António Ventura, na Assembleia da República, falou num povo que está a morrer devido à contaminação dos solos, mas o conteúdo da proposta que levou ao parlamento coloca como prioridade a manutenção das boas relações entre o Estado Português e os EUA”, lamentou a candidata do BE, que salientou que este projeto de resolução do PSD “não tinha nada a ver com a contaminação”.

Já na votação de um projeto de resolução que o BE levou à Assembleia da República, que coloca como prioridades assegurar a saúde dos terceirenses, e garantir que a descontaminação será paga pelos EUA, nem o PSD, nem o CDS votaram a favor.

Alexandra Manes, que falava aos jornalistas num local simbólico – junto aos tanques de combustível da base norte-americana das Lajes – disse preferir já poder falar de descontaminação, “mas a verdade é que ainda estamos a falar de contaminação”.

“Os norte-americanos poluiram os nossos aquíferos, os nossos solos, e não querem assumir os custos desta limpeza”, disse a candidata do BE, que defende que a autarquia tem que exercer pressão sobre o Governo da República, para que, junto dos EUA exija o cumprimento do princípio do ‘poluidor-pagador’: “Foram as tropas norte-americanas que poluiram, é o governo norte-americano que tem que pagar toda a limpeza”.

GICAM/JP