Jornal da Praia

PUB

O Cais de Cruzeiros da Praia da Vitória

Sábado, 05 de Agosto de 2017 em Editorial 821 visualizações Partilhar

O Cais de Cruzeiros da Praia da Vitória

Há muito tempo que se aborda este tema do cais de cruzeiros e a possibilidade de construí-lo na baía da Praia da Vitória, a maior e melhor baía dos Açores, e é facto notório que por vezes surgem uns certos entraves movidos por “forças ocultas”, que não é difícil descortinar toda uma série de aspectos negativos e muito mal fundamentados no sentido de produzirem-se juízos que afastam esta pretensão da autarquia praiense, em prol da baía de Angra do Heroísmo.

Uma coisa é certa, os juízos que movem certos lobys sediados em Angra do Heroísmo, são mais de temer dos que se encontram localizados em Ponta Delgada, pois na “inveja não há perdão”.

Deixem-se os políticos de politiquices estéreis, e enveredem por caminhos que conduzem a soluções práticas e viáveis técnica e financeiramente.

Toda a gente sabe, que o Porto Americano da baía da Praia da Vitória pode tornar-se num cais de cruzeiros, e tem viabilidade técnica e económica, aliás, já diversas vezes defendido pela Câmara Municipal da Praia da Vitória e que se tem empenhado na sua concretização, mas é necessário um grande passo diplomático, que passa pela Comissão Bilateral Permanente entre Portugal e os Estados Unidos da América do Norte, mas também compete ao Governo Regional dos Açores e à Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo pugnar para a concretização desta aspiração, encetando negociações nas vertentes necessárias e urgentes, para que o desenvolvimento da Ilha Terceira e dos Açores possa fluir.

O Diretor,
Sebastião Lima
diretor@jornaldapraia.com