Jornal da Praia

PUB

INSCRIÇÕES PARA CONCURSOS DE EMPREENDEDORISMO DA PRAIA LINKS ARRACAM EM SETEMBRO

Terça, 01 de Agosto de 2017 em No Concelho 98 visualizações Partilhar

INSCRIÇÕES PARA CONCURSOS DE EMPREENDEDORISMO DA PRAIA LINKS ARRACAM EM SETEMBRO

O presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Roberto Monteiro, anunciou, esta terça-feira, a abertura, em setembro, das candidaturas aos concursos de empreendedorismo Praia Links I2B e Praia Links Startup, que decorrem no âmbito do plano de atividades da Praia Links – incubadora de negócios e ninho de empresas da Praia da Vitória e da estratégia municipal de consolidação do ecossistema de inovação e empreendedorismo no Concelho.

Segundo o autarca, os concursos destinam-se a projetos inovadores, “preferencialmente enquadrados no Plano Estratégico de Desenvolvimento Local da Praia da Vitória 2020”, tendo por objetivo garantir, por um lado, promover a concretização de ideias de negócio ou apoiar o desenvolvimento de projetos em fase startup e, por outro, incentivar o espírito empreendedor no Concelho e na Ilha.

“Os concursos enquadrados na ação da Praia Links vão ocorrer anualmente, sendo um forte incentivo ao surgimento de novas ideias de negócios. O concurso Praia Links I2B – Idea to Business, em cada edição, vai apoiar, na primeira fase, quatro projetos com bolsas no valor de 400 euros/mês durante dois meses, sendo este período aproveitado para a elaboração do plano de negócios e desenvolvimento da ideia. Depois, todos estes projetos serão avaliados novamente com base no trabalho realizado e, os que passarem à segunda fase, serão apoiados com nova bolsa mensal de 400 euros/mês durante três meses. Os mesmos projetos têm acesso às instalações físicas da incubadora e ao plano de workshops e ajuda da equipa de apoio da incubadora”, adiantou Roberto Monteiro.

“No caso do Praia Links Startup, o prémio, além da incubação física na Praia Links, é de dez mil euros, sendo premiados os dois projetos selecionados pelo júri. Acreditamos que este valor monetário é um montante importante para a primeira fase da vida de uma startup”, argumenta o autarca praiense.

O período de candidaturas de projetos em ambos os concursos decorre no mês de setembro, sendo os resultados finais anunciados no final de outubro ou na primeira quinzena de novembro, consoante as candidaturas apresentadas.

Os regulamentos estão disponíveis em www.praialinks.pt e quaisquer esclarecimentos ou informações podem ser obtidas pelo correio eletrónico praialinks.incubadora@cmpv.pt.

“Além destes dois concursos, até ao final do ano, promoveremos o concurso I2B Y – Idea to Business Youth, que tem como público-alvo os alunos do ensino regular e profissional do Concelho, e que tem por intuito promover o espírito empreendedor na comunidade escolar”, anunciou o presidente do Município praiense.

“Estes concursos enquadram-se no projeto Praia Links, aprovado pelo Açores 2020, que tem por base a nossa visão de consolidar no Concelho um ecossistema de inovação e empreendedorismo, capaz de lançar um novo capítulo no nosso desenvolvimento económico”, explica Roberto Monteiro.

“Esta estratégia interliga-se com outras ações da Praia Links, como as promoções das oportunidades de negócios no Concelho que realizamos em Silicon Valley e em Boston, e que vamos repetir no continente português e na ilha. Ou com o plano de workshops iniciado este ano e que retomamos em setembro”, enfatiza o edil.

“Recentemente, assinamos protocolos com várias instituições bancárias e continuamos a desenhar novas ações, construindo um conjunto transversal de medidas e ações que garantam o melhor quadro de apoio a quem pretende desenvolver projetos de negócios no Concelho. Contamos com bons resultados, tendo por base os projetos em curso com o apoio da Praia Links, incluindo os inúmeros apoios que estamos a prestar a iniciativas privadas que não estão domiciliadas na incubadora. No fundo, tal como tenho advogado, estamos a funcionar como um ministério da economia local, apoiando, dentro do quadro legal, as empresas existentes e novos projetos e, ao mesmo tempo, criando condições que reforcem a atratividade do Concelho para investimento externo, caso o parque empresarial das Lajes, a dinamização da zona industrial do Cabo da Praia, a requalificação da baía, entre outros projetos”, explica o autarca praiense.

GC-CMPV/JP