Jornal da Praia

PUB

Congresso Insular das Misericórdias

Sexta, 23 de Junho de 2017 em Editorial 175 visualizações Partilhar

Congresso Insular das Misericórdias

Não podemos deixar de registar neste espaço um acontecimento de enorme importância, ocorrido entre os dias 2 a 4 de Junho de 2017, na nossa fantástica cidade da Praia da Vitória, o XIV Congresso Insular Açores – Madeira das Misericórdias.

O Congresso das Misericórdias dos Açores e da Madeira, decorreu no Auditório do Ramo Grande na cidade berço de Vitorino Nemésio, acontecimento este organizado pela Santa Casa da Misericórdia de Praia da Vitória, exemplar anfitriã, e elogiado unanimemente por todos os participantes e convidados do congresso, a forma exemplar e impecável como decorreram os trabalhos, o que orgulha todos os praienses, por isso apraz-nos saudar e agradecer à Santa Casa da Misericórdia o desempenho de tão notável papel, nomeadamente na pessoa do seu Provedor, Sr. Francisco Ferreira e também na pessoa do Presidente da Mesa da Assembleia Geral daquela Misericórdia, Drº. Cota Moniz, o talento, o mérito e a influência que os seus dedicados esforços imprimiram neste grandioso evento.

Ao congresso não faltou o Presidente da Republica, Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, que muito honrou a Misericórdia anfitriã e os congressistas presentes, constituindo momento único na história das misericórdias das ilhas, “salientando papel único e insubstituível das Misericórdias”, ao longo dos mais de 500 anos de existência.

Os importantes temas tratados e analisados no congresso por eminentes moderadores e oradores desde a economia social e essencial nestes novos tempos, a longevidade com as suas múltiplas facetas e novos desafios que as Misericórdias terão de enfrentar, a problemática ambiental e climática, as novas técnicas de psicomotricidade, etc,, demonstra por si só que o objectivo primordial das Santas Casas é actual e essencial à sociedade onde todos nos inserimos.

Este congresso, que também teve a participação de inúmeros congressistas oriundos de Misericórdias do Continente, ficará para a história da Praia da Vitória como um evento muito positivo que irá certamente contribuir e incrementar novos desafios, novos serviços, e novas valências nas Misericórdias em prol dos deserdados e desvalidos, dos idosos e das crianças, dos pobres e dos doentes para que se melhore drasticamente as suas vidas, no fundo dir-se-á que a concretização das obras da misericórdia estão sempre actualizadas e adaptadas às gerações vindouras.

O diretor,
Sebastião Lima
diretor@jornaldapraia.com