Jornal da Praia

PUB

PRAIENSE DENUNCIA A ARBITRAGEM DO JOGO COM O FÁTIMA

Segunda, 08 de Maio de 2017 em Cultura e Desporto 253 visualizações Partilhar

PRAIENSE DENUNCIA A ARBITRAGEM DO JOGO COM O FÁTIMA

A direção do Sport Club Praiense, não se conforme com a atuação da equipa de arbitragem no jogo do passado domingo, contra o CD Fátima, referente à 13.ª e penúltima jornada da segunda fase, zona sul, do Campeonato de Portugal Prio (CPP), no qual, a equipa sofreu a sua primeira derrota (0-1) em casa, na edição 2016/17 do CPP.

Segundo um comunicado distribuído pelo clube da Praia da Vitória aos órgãos de comunicação social, “a bem da verdade desportiva” e tendo em conta a “existência de arbitragem incorreta”, o clube vai “denunciar os factos decorrentes“, à Procuradoria-Geral da República e aos conselhos de Arbitragem e de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Numa arbitragem de Hélder Lamas (AF Braga), muito contestada por dirigentes, corpo técnico, atletas e adeptos, está fundamentalmente em causa, a invalidação no segundo tempo, por pretenso fora de jogo, do golo apontado por Filipe Andrade, que colocava o resultado em igualdade.

Face ao desfecho final dos restantes jogos da ronda número 13, o empate frente ao Fátima, teria carimbado a passagem do SC Praiense à Segunda Liga e afastado definitivamente o CD Fátima da luta pela primeira posição.

Na denuncia a apresentar junto da FPF e da Procuradoria-Geral, o Praiense irá socorrer-se das imagens televisivas da RTP/Açores, que transmitiu o jogo em direto, e que segundo os dirigentes do clube, demonstram que o golo de Filipe Andrade foi legal.

JP – Online