Jornal da Praia

PUB

BAILADO: “A PERNA ESQUERDA DE TCHAIKOVSKI” NO CENTRO CULTURAL DE ANGRA

Quarta, 19 de Abril de 2017 em Cultura e Desporto 131 visualizações Partilhar

BAILADO: “A PERNA ESQUERDA DE TCHAIKOVSKI” NO CENTRO CULTURAL DE ANGRA

A Companhia de Bailado Nacional (CNB) está desde março, em Digressão Nacional para assinalar o seu 40.ª aniversário. As digressões nacionais não são alheias à programação da CNB, pioneira neste como noutros campos, mas esta – que se estenderá até julho - é, sem dúvida a sua maior digressão nacional de sempre.

Criada a 22 de junho de 1977, por despacho assinado pelo então Secretário de Estado da Cultura, o escritor, professor e poeta David Mourão-Ferreira, a CNB, dirigida artisticamente por Luísa Taveira desde 2010, preparou um extenso programa comemorativo do seu quadragésimo aniversário que percorrerá todo o país: serão apresentados dez programas, cinco deles em estreia absoluta, um em estreia nacional, e quatro reposições, num total de 120 espetáculos.

A Angra do Heroísmo a CNB traz ao Grande Auditório do CCCAH, a 25 de abril, pelas 21h30 “A Perna Esquerda de Tchaikovski” - peça para uma Bailarina e um Pianista, que dispensam apresentações, respetivamente Barbora Hruskova e Mário Laginha, com texto e direção de Tiago Rodrigues que, a convite da CNB, e em diálogo com o piano de Laginha, revisita a carreira de Hruskova.

Adicionalmente a CNB promove no dia 24 de abril uma Masterclass pela Bailarina Barbora Hruskova na EBS Tomás de Borba. Uma oportunidade única para os alunos de dança daquele estabelecimento de ensino. Barbora Hruskova concluiu os seus estudos no Conservatório Superior Nacional de Música e Dança de Paris, tendo integrado a Companhia de Bailado de São Francisco e mais tarde o Ballet Real da Flandres como primeira solista. Em 2003 ingressa na CNB como primeira bailarina, tendo feito a sua despedida oficial dos palcos em 2004 com o bailado Giselle, regressando agora com a peça que o público local poderá apreciar e que revisita a sua carreira num diálogo único com o extraordinário pianista e compositor Mário Laginha.

“Um espetáculo a não perder”, exorta a vereadora Raquel Caetano Ferreira, acrescentando que “é com muito prazer e orgulho que Angra do Heroísmo volta a receber nos seus palcos a CNB, desta feita para comemorar o seu 40.º aniversário”.

GI-MAH/JP