Jornal da Praia

PUB

CENTRO DE SAÚDE DA PRAIA COM NOVO IMPEDANCIÓMETRO OFERECIDO PELO MUNICÍPIO PRAIENSE

Sexta, 02 de Dezembro de 2016 em No Concelho 609 visualizações Partilhar

CENTRO DE SAÚDE DA PRAIA COM NOVO IMPEDANCIÓMETRO OFERECIDO PELO MUNICÍPIO PRAIENSE

O presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória considera que “a realização de rastreios auditivos nas escolas é fundamental para prevenir anomalias que possam levar à perda auditiva nas crianças, afetando a sua capacidade de aprendizagem e de comunicação”.

As declarações de Roberto Monteiro foram prestadas aos jornalistas no final de uma sessão de rastreio à audição, que decorreu na Escola Básica Integrada da Praia da Vitória, onde foi usado o novo impedanciómetro entregue pela Câmara Municipal ao Centro de Saúde da Praia da Vitória, cuja Equipa de Saúde Escolar protagoniza as sessões nas escolas do Concelho.

“A Câmara Municipal tem vindo a desenvolver, em parceria com o Centro de Saúde e as escolas do Concelho, um projeto de caráter preventivo na área da saúde. Neste sentido, registamos hoje a entrega do novo impedanciómetro, um aparelho que permite diagnosticar problemas do foro auditivo, a fim de consciencializarmos as crianças, os docentes e os encarregados de educação para a necessidade da concretização de rastreios auditivos”, realçou o autarca.

A aquisição do nosso equipamento representa um investimento municipal que ascende a cinco mil euros.

“A audição é um dos sentidos mais importantes no desenvolvimento cognitivo e social das crianças, por isso temos de efetuar um diagnóstico atempado de possíveis patologias para conseguirmos minimizar os efeitos das mesmas”, evidenciou.

Na ocasião, o edil praiense referiu que além da audição, o Município tem apostado também na realização destas iniciativas nas áreas da visão e nutrição.

“Creio que também é importante fazer rastreios de visão e nutrição, tendo em conta a relevância destas duas vertentes na saúde ocular e cardiovascular dos mais novos. Pretendemos ainda alargar estas ações a outras áreas de saúde”, aludiu.

“O Centro de Saúde, através da sua equipa de saúde escolar, percorre as escolas do 1º e 2º ciclos, realizando os diferentes rastreios, enquanto as escolas estabelecem a ligação com os pais das crianças que apresentam problemas, fazendo o acompanhamento das ações corretivas. Graças a esta cooperação entre as entidades competentes, acredito que conseguiremos alcançar os nossos objetivos, trabalhando sempre em prol das nossas crianças”, enfatizou.

Rodolfo Franca, diretor do Conselho Executivo da Escola Básica Integrada da Praia da Vitória, acredita que a proximidade entre as diversas instituições permite a concretização de iniciativas que contribuam para o reforço da qualidade de vida das novas gerações.

“Gostaria de salientar a união de esforços existente entre esta escola, o Centro de Saúde e a autarquia praiense na elaboração de projetos que visem a sensibilização das nossas crianças para questões relacionadas com a saúde, promovendo o bem-estar das mesmas”, referenciou.

Desde 2006, a Câmara Municipal da Praia da Vitória tem ativo o Plano Municipal de Saúde Escolar, que já abrangeu mais de quatro mil alunos das escolas do 1º e 2º ciclo do Concelho da Praia da Vitória, submetidos a diagnósticos de saúde oral, nutrição, audição e visão.

GC-MPV/JP