Jornal da Praia

PUB

“A POTENCIAÇÃO DAS ZONAS VERDES HÚMIDAS CONSTITUI UM DOS PILARES ESSENCIAIS AO DESENVOLVIMENTO DO TURISMO NO NOSSO CONCELHO”, DEFENDE PAULA RAMOS

Quarta, 01 de Junho de 2016 em No Concelho 666 visualizações Partilhar

“A POTENCIAÇÃO DAS ZONAS VERDES HÚMIDAS CONSTITUI UM DOS PILARES ESSENCIAIS AO DESENVOLVIMENTO DO TURISMO NO NOSSO CONCELHO”, DEFENDE PAULA RAMOS

O crescimento do setor turístico na Praia da Vitória passa pela aposta na promoção da infraestrutura verde húmida do Concelho, constituída pelos pauis do Belo Jardim, da Pedreira do Cabo da Praia e da Praia da Vitória. A ideia foi transmitida por Paula Ramos, vice-presidente da autarquia praiense, no âmbito da III Feira do Ambiente, que decorreu na manhã de quarta-feira, 01, na Tenda da Marina.

“A infraestrutura verde húmida existente no nosso Concelho possui diversas potencialidades. Neste sentido, devemos dinamizar estes locais a fim de conseguirmos aumentar o fluxo turístico na Praia da Vitória, potenciando uma vertente turística que se encontra em ascensão, o turismo ornitológico (observação de aves)”, referenciou a edil.

“Os nossos pauis são considerados locais de excelência para todos os amantes desta atividade, reunindo uma grande diversidade de espécies oriundas dos continentes europeu e americano”, referiu.

Paula Ramos destacou o trabalho efetuado pela equipa do projeto Life CWR (Coastal Wetland Restoration) na requalificação e manutenção das zonas húmidas da orla costeira.

“É importante referir o trabalho desta equipa na recuperação das zonas húmidas, bem como na concretização de ações de sensibilização ambiental junto dos diversos públicos, como é o caso desta Feira que hoje se realiza com o intuito de consciencializar a comunidade escolar para a importância da preservação do meio ambiente”, disse.

Durante o evento, as crianças desenvolveram várias atividades lúdicas e recreativas, que lhes permitiram um maior contacto com a natureza.

Estiveram também presentes diversas entidades civis e militares relacionadas com a área do Ambiente, que deram a conhecer a sua atividade aos mais novos.

Esta iniciativa contou ainda com a participação da Junta de Freguesia de Santa Cruz; da Guarda Nacional Republicana; da Polícia de Segurança Pública; da Cáritas; e do programa Eco-Escolas; entre outros.

A III Feira do Ambiente, que visou a comemoração do Dia da Criança (01 de junho) e do Dia Mundial do Ambiente (05 de junho), foi promovida pelo projeto Life CWR.

Fonte: (GI/CMPV-JP)