Jornal da Praia

PUB

Opinião - Notícias

1978 – As 1as festas da Praia da Vitória

1978 – AS PRIMEIRAS FESTAS DA PRAIA DA VITÓRIA

Sábado, 03 Agosto, 20132264

Foi há exatos 35 anos, que no Verão de 1978, a Praia da Vitória organizou as suas primeiras festas concelhias, mas ligadas às de Angra do Heroísmo e chamadas também de Sanjoaninas

 

HIGHTECH:  Tec + Praia = ?

HIGHTECH: Tec + Praia = ?

Sábado, 03 Agosto, 2013783

Texto/ Paulo Brasil Pereira | paulo.pereira@media-9.pt

 

Apesar de o Verão não estar em pleno, o Sol já deu ar da sua graça, e para os viciados em tecnologia, que nem a água os afasta dos gadgets, deixo aqui umas durante estas semanas.

A Sony é uma das empresas a apostar forte neste nicho de mercado, com vários produtos disponíveis, entre smartphones, tablets ou mesmo relógios.

 

BAHIANO ROMANCISTA

BAHIANO ROMANCISTA

Sexta, 02 Agosto, 20131037

Texto/ Lénia Aguiar | lenia.aguiar@live.com.pt

 

Em todos os séculos existe um escritor ou poeta que se destaca e no século XX foi Jorge Amado o escolhido do Brasil. Nasceu no verão de 1912 a 10 de Agosto na Itabuna, em Salvador da Bahía. Os pescadores trabalhavam nessa altura.

Alguns verões passaram e ele cresceu e se tornou um escritor, escreveu grandes romances, baseados na sua terra, mencionando as dificuldades passadas.

 

PERISCÓPIO: Luís Ferreira Machado Drumond - alguns dados biográficos

PERISCÓPIO: Luís Ferreira Machado Drumond - alguns dados biográficos

Segunda, 22 Julho, 20131944

Texto e Foto/ António Neves Leal

Tal como prometido, venho hoje referir algumas facetas da sua personalidade, utilizando para o efeito as informações fornecidas pelo seu filho nos cinco livros que tive o prazer e orgulho de desvendar, nos últimos meses.
Nascido na Vila de S. Sebastião, na Ilha Terceira, a 26 de março de 1905, descendente de antigas famílias locais, era trineto do autor dos “Anais da Ilha Terceira”, Francisco Ferreira Drumond, de quem herdara além de um acrisolado amor pela terra, o mesmo desejo intenso de investigar, com meticulosidade e escrúpulo, a história e as tradições, os usos e costumes da ilha que o viu nascer

 

Manuel e a ambulância no dia de bodo

Manuel e a ambulância no dia de bodo

Quinta, 11 Julho, 2013976

Texto e Foto/ Manuel Ferraz Cardoso | ferrazcardoso@sapo.pt

Tarde de bodo. Gente de roupa domingueira, melhorada. Fatinhos usados vindos da América nas encomendas embaladas em sacos de pano-cru, esbranquiçado. Sapatos, ora apertados ora sem jeito, a forrar pés habituados a pisar o chão completamente nus ou debilmente protegidos por alpercatas feitas de borracha de pneu fora de uso. Camisas de colarinhos bicudos, donde pendiam gravatas encarnadas ou de cores estranhas, americanas, com palmeiras havaianas estampadas, uma sereia que nunca existiu no mar do Caribe ou cornucópias sabe-se lá de onde. Os endinheirados distinguiam-se pelo corte e feitio dos fatos, pela harmonia e sobriedade das gravatas que atavam em colarinhos duros de camisas de nylon recentemente aparecidas e botavam moda. Os sapatos também não lhes apertavam os pés, pois já faziam parte da vida deles.

 

Portugal na UNESCO

Portugal na UNESCO

Quinta, 11 Julho, 20135864

Texto/ Francisco Miguel Nogueira | franciscomgl@gmail.com

 

No ano em que Angra do Heroísmo completa 30 anos como centro histórico Património Mundial, é bom vermos que mais 2 bens nacionais foram inscritos na lista da UNESCO, um como património documental e outro como património mundial, evidenciando a importância de Portugal para a cultura universal.

 

PERISCÓPIO: Luís Ferreira Machado Drumond - o militar e o etnógrafo que merece ser evocado

PERISCÓPIO: Luís Ferreira Machado Drumond - o militar e o etnógrafo que merece ser evocado

Quinta, 04 Julho, 20131440

Texto/ António Neves Leal

Este brioso militar foi na Base Aérea das Lajes o oficial responsável, ao mais alto nível, pelo serviço geral daquela unidade, onde passou grande parte da sua vida profissional. Faleceu, inesperadamente, a 14 de agosto de 1963, aos 58 anos de idade, em P. Delgada aonde se tinha deslocado em visita aos filhos, aí em gozo de férias.

 

ADMIRÁVEIS TROCAS

ADMIRÁVEIS TROCAS

Quarta, 03 Julho, 2013974

Texto/ Fábio Barbosa

 

Habituámo-nos a pensar na palavra como moeda de troca para todas as ocasiões, a começar pela própria origem do universo.