Jornal da Praia

PUB

Opinião - Notícias

AVERSÃO E TRAIÇÃO À ILHA TERCEIRA

AVERSÃO E TRAIÇÃO À ILHA TERCEIRA

Sexta, 17 Maio, 2019172

Hoje, a segunda mais populosa parcela do arquipélago está, de ano para ano, mais decadente, porque a autonomia foi prostituída nos seus pressupostos.

JACA ESPINHOSA

JACA ESPINHOSA

Quinta, 16 Maio, 2019111

Espinhosa é só por fora, como se vê pela aparência, e quando ainda não amadureceu, dado que a jaca, a maior fruta comestível conhecida, que chega a pesar mais de trinta quilos, e que é produzida pela jaqueira, árvore tropical de grande porte, é saborosa e suculenta, ao ponto de lhe chamarem fruta-pão.

UM CARNAVAL PUJANTE

UM CARNAVAL PUJANTE

Quarta, 15 Maio, 2019329

O carnaval sempre que me lembre foi uma época muito desejada pelos seus apreciados divertimentos… É uma quadra em que nesta ilha Terceira todos se alegram…

O INVERNO ESTÁ PASSADO

O INVERNO ESTÁ PASSADO

Terça, 14 Maio, 2019104

O tempo corre tão depressa que os aficcionados terceirenses já sonham com o 1 de Maio, data do início da época taurina…

A ÚLTIMA BOLACHA

A ÚLTIMA BOLACHA

Terça, 14 Maio, 2019156

A senhora ia a Londres visitar a sua filha, e, já no aeroporto, entrou na “duty free shop” e adquiriu algumas prendas, mas também um pacote de bolacha para comer…

A AFRONTA DE RUI RIO … AOS AÇORES

A AFRONTA DE RUI RIO … AOS AÇORES

Segunda, 29 Abril, 2019133

Ou, do PSD Português ao seu Consulado (representante institucional nos Açores) PSD-A

JOSÉ LEITE BOTELHO DE TEIVE, UM FIDALGO LIBERAL

JOSÉ LEITE BOTELHO DE TEIVE, UM FIDALGO LIBERAL

Sexta, 19 Abril, 20191420

José Leite Botelho de Teive nasceu em Angra, provavelmente a 1 de janeiro de 1755. Era filho segundo do Capitão de Ordenanças Diogo António Leite Botelho de Teive e da sua esposa D. Josefa Bernarda do Canto Noronha. Criado no meio militar, José Botelho de Teive tornou-se, em 1774, alferes da Companhia de Auxiliares de Angra.

UM AÇORIANO A DEFENDER OS AÇORES NA EUROPA

UM AÇORIANO A DEFENDER OS AÇORES NA EUROPA

Quarta, 17 Abril, 2019126

Sustentado na candidatura do PS ao Parlamento Europeu, assumo a minha responsabilidade Cívica e Política de procurar esbater o fosso que considero existir entre os Açorianos e a Europa.