Diretor: Sebastião Lima
Diretor Adjunto: Luís Moniz
Últimas Notícias

A Seleção Sub-16 de Futebol 11 da Associação de Futebol de Angra Heroísmo (AFAH) venceu o Torneio Regional Interassociações, que decorreu no Campo dos Leões, na ilha Terceira, nos dias 09 e 10 de abril.
Com duas vitórias nos dois jogos disputadas, o conjunto liderado por Paulo Meneses somou seis pontos, conquistando, desta forma, o troféu. No conjunto das duas partidas, a seleção da AFAH marcou um total de sete golos, tendo sofrido apenas um.
Simão Rodrigues (2 golos), Leonardo Ponte (2 golos), Gustavo Alves (1 golo), Francisco Fernandes (1 golo) e Mário Vigário (1 golo) foram os marcadores do lado da seleção da AFAH.

Confira o quadro de resultados:
AF Angra do Heroísmo 5 - 0 AF Horta
AF Horta 1 - 2 AF Angra do Heroísmo

Classificação final:
AF Angra do Heroísmo - 1º (6pts)
AF Horta - 2º (0pts)

Recorde-se que devido a questões relacionadas com a pandemia da Covid-19, a comitiva da Associação de Futebol de Ponta Delgada foi aconselhada pelas autoridades de saúde a não se deslocar para fora da ilha. Assim, o Torneio foi encurtado de seis para dois jogos, e de três para dois dias, com a participação das seleções das associações de futebol de Angra e Horta.

O Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Tibério Dinis, enalteceu, este domingo ao final da tarde, a “capacidade de organização” do Clube Naval da Praia da Vitória, que, no último fim de semana, promoveu a primeira prova do Campeonato Regional de Vela em juvenis e juniores, da época desportiva 2020/2021.
Desde sexta-feira passada que a baía da Praia da Vitória se encheu de velas de embarcações das classes Laser e 420, cumprindo com todas as normas definidas pelas autoridades de saúde (a vela é considerada uma modalidade de baixo risco).
Na sessão da entrega de prémios aos vencedores das diversas regatas que se realizaram entre os dias 9 e 11 de abril, Tibério Dinis agradeceu “a presença e participação de todos os atletas, dos diversos clubes participantes, dos pais e do Clube Naval da Praia da Vitória, esperando voltar a vê-los a todos, novamente, na Praia da Vitória e na sua baía a velejar”.
“O Clube Naval da Praia da Vitória tem demonstrado muito empenho e dedicação na organização de provas desportivas, valorizando as condições únicas e especiais que caracterizam a nossa baía. Seja pela segurança, estado do vento ou das correntes marítimas, este local é naturalmente especial”, referiu o edil praiense.
“Gostaria ainda de deixar aqui um reconhecimento pela excelência do trabalho do Clube Naval ao nível da formação de aletas nas mais variedades modalidades náuticas. Acredito que esta é uma mais-valia para o Concelho e deixo hoje o meu agradecimento pela dedicação demonstrada”, referiu.

Entre os dias 09 e 11 de abril, a Associação de Futebol de Angra Heroísmo (AFAH) promove o Torneio Regional Interassociações Sub-16 Futebol 11, no Campo dos Leões, Porto Judeu.
Como é habitual nestes torneios, estarão representadas as três associações de futebol dos Açores.
O conjunto orientado por Paulo Meneses, no passado dia 06 de abril, realizou o sexto e último estágio de preparação para esta prova, tendo o treino decorrido já no campo que acolherá a prova, onde o selecionador contou com quinze dos atletas convocados para o torneio. Os restantes três (dois de São Jorge e um da ilha Graciosa) juntar-se-ão mais tarde ao grupo.
Paulo Meneses, que no passado fim de semana levou a seleção sub-17 ao título no Torneio Regional Interassociações, realizado na cidade da Horta, refere que “as espectativas são as melhores, apesar de com esta seleção não termos feito as unidades de treino pretendidas, uma vez que houve alguns ajustes de calendário, mas mesmo assim, até à data de hoje, julgo que fizemos o suficiente para conseguirmos uma boa prestação.”
O selecionador conta no grupo com seis atletas que participaram no Torneio Sub-17, no último fim de semana, e considera que “eles vêm moralizados, pois os seis jogaram, sendo que quadro deles fizeram o Torneio praticamente todo, e espero que a experiência que adquiriram na prova a consigam transmitir aos colegas, até porque eles estiveram a um nível muito elevado”.
Questionado se o resultado do passado fim de semana poderia aumentar a responsabilidade e a pressão sobre os atletas e se era fácil gerir esta situação, Paulo Meneses referiu que não há qualquer pressão acrescida. Apesar de sentir alguma euforia junto dos jogadores, concluiu dizendo que “nós já falámos com eles e a poeira já foi assentada, pois sabemos que no futebol hoje está tudo muito bom, mas amanhã já poderá estar menos bom”.
A seleção da AFAH inicia a sua participação frente à congénere da Horta, no dia 09, às 10h00. No dia seguinte, medirá forças com a seleção de Ponta Delgada, num encontro agendado para as 10h00, e depois, às 16h00, terá a segunda partida do dia frente à seleção da Horta. O último jogo está agendado para o dia 11, às 16h00, frente ao conjunto de Ponta Delgada.
Nos restantes jogos, no dia 09, às 16h00, medem forças as seleções de Ponta Delgada e Horta, que voltam a jogar entre si no dia 11, às 09h30.
Na convocatória constam atletas de seis clubes filiados da AFAH, sendo estes os eleitos de Paulo Meneses: Tomás Santos, do Graciosa FC; David Boto e Gustavo Alves, do GD Velense; Francisco Vieira, Luís Evangelho, Mário Vigário, Mário Costa, Simão Rodrigues e Tomás Gomes, do SC Angrense; Diogo Borba, Francisco Fernandes, Gonçalo Correia e Leonardo Ponte, do SC Lusitânia; António Silva, Igor Ávila, João Lima e Simão Sequeira, do SC Praiense; e Hugo Furtado, do SC Vilanovense.

Acerca do Jornal da Praia

Este jornal é um quinzenário de informação geral que tem por objetivo a divulgação de factos, opiniões, debates, ideias, pessoas, tendências, sensibilidades, em todos os domínios que possam ser importantes para a construção de uma sociedade mais justa, livre, culta, inconformada e criativa na Região Autónoma dos Açores.

Este jornal empenha-se fortemente na unidade efetiva entre todas as ilhas dos Açores, independentemente da sua dimensão e número de residentes, podendo mesmo dar atenção primordial às ilhas de menores recursos, desde que tal postura não prejudique a implantação global do quinzenário no arquipélago dos Açores.

Área do assinante